A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu em flagrante o marido de uma professora de 22 anos, que foi encontrada morta no quintal da própria casa, no município de Nova Iguaçu. Segundo a polícia, a jovem estava desaparecida desde a última segunda-feira (16) e o esposo chegou a registrar um boletim de ocorrência (BO) pelo desaparecimento da mulher e até fez buscas pela vítima juntos com os familiares dela. As informações são do Extra.

Corpo de Ana Júlia foi encontrado em um dos quartos da casa Foto: Reprodução

Ana Julia Mathias Thurler Alvarenga foi morta, conforme a apontou a polícia, após sair do trabalho e voltar para casa. Os investigadores afirmam que a professora foi morta com requintes de crueldade.

A Polícia Civil também utilizou câmeras de segurança, que ficam nas imediações da casa da vítima, que mostram o momento que ela volta do trabalho, entra em casa e não sai mais. Testemunhas também falaram sobre o caso à polícia.

Diante da situação, o homem, que também é engenheiro, foi preso em flagrante por feminicídio e ocultação de cadáver. Leia a matéria completa no Portal Extra.