domingo 20 junho 2021 03:28:15
Início Na Mira da Lei Líder comunitária é morta a tiros na Caximba e moradores lamentam: “Ela...

Líder comunitária é morta a tiros na Caximba e moradores lamentam: “Ela fazia o bem”

0
163


Fabiola do Rocio Rebouças, líder comunitária do bairro Caximba, em Curitiba, foi morta a tiros nesta quarta-feira (28). O caso surpreendeu e revoltou moradores do bairro. Segundo eles, a mulher de 41 anos trabalhava em uma associação e era conhecida por realizar diversas ações sociais.

Fabiola do Rocio Rebouças, 41 anos. Foto: Divulgação

Inúmeros moradores foram ao local do crime para confirmar a informação. À Banda B, uma mulher lamentou o assassinato e ressaltou as memórias que possui de Fabíola. 

“Ela fazia o bem para a gente, distribuía comida ao pessoal e era muito querida por todos nós. Eu estou há dois anos aqui e sei que ela realizava este trabalho há muito tempo”, disse. 

Crime

A polícia disse que a mulher preparava comida em uma cozinha comunitária na Avenida do Comércio. Em determinado momento do dia, atiradores invadiram o local e dispararam diversas vezes contra a cabeça da vítima.

O local do crime foi isolado pela polícia. Foto: Marcelo Borges/Banda B.

A Polícia Militar (PM) e investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) isolaram a área do crime. A Polícia Civil irá investigar o caso.

Exemplo

Além da distribuição da comida à comunidade, a mulher também organizava ações sociais com crianças e ajudava moradores em atividades básicas e/ou burocráticas.

“Ela sempre me ajudou. Eu vou me lembrar para sempre das coisas boas que ela me proporcionou. Não tenho o que dizer”, comentou outra moradora se relembrando do almoço que pegou no local, no fim da manhã desta quarta-feira (28).

Vídeo

O repórter Marcelo Borges acompanhou a reação dos moradores e o trabalho policial no local do crime.



Fonte: Banda B