Ladrão furta loja, espera lojista consertar vidro e volta com pedra pra agir de novo; assista

7

A insistência de um ladrão no bairro Bacacheri, em Curitiba, deixou uma lojista muito revoltada. Em menos de 15 dias, a loja de produtos de beleza, localizada dentro de um centro comercial, foi furtada duas vezes e pelo mesmo bandido. O segundo assalto aconteceu logo depois que a comerciante trocou o vidro da fachada, destruído na primeira vez. “Parecia que ele estava esperando eu tirar a madeira e colocar outro vidro para, de novo, pegar uma pedra e quebrar tudo. É revoltante demais”, desabafou a lojista em entrevista à Banda B nesta quarta-feira (24).

O primeiro assalto aconteceu na madrugada do dia 9 de junho. A comerciante conta que acordou com um alerta no celular dando conta que o alarme havia disparado. Quando chegou ao local, viu o resultado do furto.

Ladrão insiste, mas não consegue levar a TV – reprodução

“Pelas imagens das câmeras de segurança, vimos que ele tenta arrombar a porta de vidro, não consegue, e volta com uma pedra. Rapidamente, vai tateando no escuro e leva dois notebooks, computador, toda uma linha de maquiagem e tenta arrancar a TV do suporte, mas não consegue. Vai embora com o alarme disparado”, conta a lojista.

Após calcular o prejuízo, a empresária mandou arrumar a porta de vidro, cerca de duas semanas depois. Neste período, ela deixou um pedaço de madeira na fachada. Foi só recolocar o vidro que o mesmo ladrão voltou para um novo furto.

“Ele voltou na madrugada desta segunda-feira (22), novamente de bicicleta, menos de 15 dias depois. De novo quebra a porta de vidro com uma pedra e vai tentar arrancar a TV. Mais uma vez, não conseguiu, mas agora com a força que fez destruiu o aparelho. Procurou se tinha novos computadores, mas ainda não tinha comprado. Em menos de um minuto foi embora com o alarme disparado”, relatou.

A comerciante lamenta a falta de segurança e sente impotente diante de tanta impunidade. “Estamos arrasados. Se não bastasse a pandemia com queda nas vendas, ainda temos que conviver com esta insegurança e uma sensação de impunidade absurda. Se ele for preso, nem deve ficar na cadeia porque não houve o flagrante. E como a gente fica? De qualquer forma, estou divulgando estas imagens pra ver se alguém conhece, pra ver se inibe a ação destes bandidos. Algo precisa ser feito”, conclui a lojista, revoltada.

A comerciante registrou Boletim de Ocorrência, mas até o momento, a polícia não tem pistas do assaltante.

Assista à ação do bandido:

 


Fonte: Banda B