Socorristas do Siate do Corpo de Bombeiros tiveram trabalho com um jovem que recebeu uma facada em uma tentativa de assalto, na noite desta sexta-feira (25), na Vila Hauer, em Curitiba. A vítima negou o atendimento dos socorristas e precisou ser levada à força para dentro da ambulância.

A tentativa de assalto aconteceu entre a Avenida Marechal Floriano Peixoto e a Rua São Bento. Foto: Cristiano Vaz/Banda B

O sargento Machado explicou a situação da Banda B. Segundo ele, o jovem foi ferido dentro de um ônibus, ao reagir à ação do ladrão.

“A gente soube que um rapaz tentou furtar o celular dele, mas a vítima, ao tentar fugir, foi atingida pela facada. Na nossa abordagem, ele recusou o atendimento e não queria vir para a ambulância. Infelizmente, tivemos que usar um pouco de força”, comentou.

Segundo o socorrista, muito da resistencia da vítima passou pelo nervosismo da situação. No entanto, Machado também destacou algumas falas sobre o porquê do jovem recusar insistentemente o socorro.

“Ele disse que fumou ‘um baseado’ e queria que a esposa chegasse até o local. Mas isso não impede de nós realizarmos o atendimento”, revelou Machado.

Apesar do susto, o jovem, que tem 22 anos, ficou com um ferimento leve. A ambulância o levou para o Hospital Cajuru.