Jovem de 22 anos morre no hospital após ser baleado em confusão no Largo da Ordem

0
19


Um jovem de 22 anos morreu após ser baleado na confusão que aconteceu na noite de sábado (11), no Largo da Ordem, em Curitiba. Além de Mateus Silva Noga, que morreu no hospital neste domingo, também ficaram feridas uma adolescente de 14 anos e uma mulher de 31. No dia da confusão, as duas estavam conscientes no local. No domingo também houve confusão com pessoas aglomeradas no mesmo local, mas ninguém ficou ferido.

Mateus Noga tinha 22 anos.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Mateus. Um deles comentou que Mateus irá andar de moto no céu.

Outra pessoa comentou que a família está com poucas condições e que amigos farão uma vaquinha para pagar as custas do velório.

Noite de confusão generalizada

O sargento Cordeiro do Siate disse à Banda B que estava atendendo a adolescente quando, em seguida, chegou mais uma mulher ferida para ser atendida.

“A gente foi acionado para atender uma menor de 14 anos e a primeira informação que tivemos era de era uma vítima de agressão e quando chegamos no local percebemos que ela tinha ferimentos por arma de fogo. No momento, que estávamos atendendo chegou uma segunda vítima, uma mulher e uma terceira vítima que era um rapaz.”

Contou.

A noite de sábado foi marcada por confusão generalizada no Largo da Ordem e as mulheres não estavam na confusão e acabaram sendo atingidas, segundo Cordeiro.

“Durante o tumulto, a Guarda Municipal acabou desferindo alguns disparos de arma não letal. Houve uma briga lá e acabou que as duas moças que estavam passando no local foram atingidas. Elas não estavam na confusão. Estavam no lugar errado na hora errada.”

Explicou.

As duas estavam passeando no Largo. A adolescente estava com a mãe.

“Elas tiveram a coincidência de estar no mesmo lugar. A menina estava passeando com a mãe ali no local. A gente tem atendido muitas ocorrências ali no local, no Cavalo Babão”.

Falou.

Outro lado

A Banda B entrou em contato com a Guarda Municipal de Curitiba, que emitiu nota sobre o ocorrido:

“A Guarda Municipal de Curitiba lamenta o falecimento de um jovem de 22 anos ferido por arma de fogo após uma confusão generalizada registrada na Rua Trajano Reis, no fim da noite deste sábado (11/9).

Uma equipe da GM foi acionada para conter uma briga envolvendo diversas pessoas na Trajano Reis. De acordo com relato dos guardas que atenderam a ocorrência, no local estavam aproximadamente 300 pessoas, grande parte consumindo bebida alcoólica e sem respeito ao distanciamento e ao uso de máscara. Ao chegar ao local, várias garrafas de vidro foram arremessadas contra os profissionais, que reagiram à injusta agressão.

Outras duas pessoas ficaram feridas: uma adolescente de 14 anos e uma mulher de 31. Os guardas prestaram socorro e acionaram o Siate.

Tão logo teve conhecimento do ocorrido, a Corregedoria da Guarda Municipal deu início à investigação para apurar fatos e responsabilidades. O procedimento vai apurar eventuais irregularidades, com as devidas providências previstas em regimento interno da corporação e demais legislações inerentes à matéria”, diz a nota.





Fonte: Banda B