Irmãos suspeitos de matar dois em posto são presos e confessam crime

58

Os dois irmãos acusados de matar dois homens em um posto de combustíveis, no Centro de Curitiba, foram presos na madrugada desta quarta-feira (17). Ilson Bueno de Souza Junior, de 40 anos, e André Bueno de Souza estavam em um quarto alugado no bairro Pinheirinho e não resistiram às prisões. Ambos confessaram a participação no crime, segundo os policiais.

 

Policiais da Rotam receberam uma denúncia anônima. Foto: Banda B

 

A prisão aconteceu por meio de uma denúncia anônima. O sargento Quadros, da Rotan, do 13º BPM, disse a Banda B que eles estavam tentando se hospedar em um quarto. “Recebemos uma denúncia anônima de que os dois suspeitos do crime do posto estavam em um quarto tentando passar a noite nesse local, quando chegamos encontramos os dois irmãos.

Eles foram pegos de surpresa pela polícia e alegaram no momento da prisão que iriam se apresentar nos próximos dias, ao lado de um advogado. “Eles disseram que estavam esperando um momento certo, mas não deu tempo. Eles não estavam armados, não fizeram menção de nada, disseram que estavam errados e que iriam pagar”, contou o sargento.

Dupla foi presa durante a madrugada. Foto: Banda B

 

Em poucas palavras, os irmãos disseram aos policiais da Rotanm que agiram ‘na emoção’. “Não posso dar mais detalhes, mas foi o que eles disseram ali, que agiram na emoção”, finalizou o sargento Quadros.

Na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os presos tiveram um momento de ironia, dizendo que a dupla no posto tinha ‘morrido de covid-19.


Fonte: Banda B