sábado 24 julho 2021 11:16:40
Início Na Mira da Lei Investigadores são alvo de operação que apura propina de dono de posto...

Investigadores são alvo de operação que apura propina de dono de posto de combustível em Curitiba

0
16


Dois investigadores da Delegacia do Meio Ambiente de Curitiba são suspeitos de receber propina para não tomarem providências com relação à irregularidades em postos de combustível. De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, responsável pela operação de busca e apreensão, na manhã desta quinta-feira (8), os investigadores são suspeitos de receber propina do dono de uma rede postos, que também é procurado.

Operação na Delegacia do Meio Ambiente – Foto: Djalma Malaquias/ Banda B

“Os dois investigadores da Delegacia do Meio Ambiente teriam recebido propina por parte de um empresário de postos de abastecimento. Temos informações que em troca de propina, esses investigadores deixaram de tomar providência em relação à irregularidades dessa cadeia de postos que pertence ao mesmo proprietário”, disse o coordenador estadual do Gaeco, Leonir Batisti, em entrevista à Banda B.

O Gaeco cumpre mandados de buscas e apreensão em Curitiba, São José dos Pinhais e Tijucas do Sul, região metropolitana de Curitiba (RMC).

As ordens judiciais foram expedidas pelo Juízo da 4ª Vara Criminal de Curitiba e cumpridas na sede da DP, nas residências dos investigados e em cinco postos de combustíveis. A ação do Gaeco recebe apoio do Instituto de Criminalística e da Corregedoria-Geral da Polícia Civil.

Até o fechamento dessa reportagem a polícia ainda não havia detido os dois investigadores e o comerciante.





Fonte: Banda B