Idoso que atirou em ladrões presta depoimento e delegado acredita que caso trata-se de legítima defesa

0
42


O idoso que atirou em dois ladrões e matou um dos suspeitos durante um assalto, na manhã da última quarta-feira (28), no bairro Xaxim, em Curitiba, se apresentou à delegacia e prestou depoimento. Após o interrogatório, que aconteceu na tarde desta quinta-feira (29), a polícia esclareceu à Banda B que a vítima pode não ser autuada por qualquer crime se for constatado que ele agiu em legítima defesa.

 

 

Acompanhado de um advogado, o idoso se apresentou voluntariamente e prestou esclarecimentos ao delegado Silas Roque, da Polícia Civil. “A versão é bastante compatível com aquilo que vimos nas imagens. Disse também que ele e a esposa estavam no local a trabalho quando foram abordados pelos dois ladrões, ambos armados”, afirmou Roque.

De acordo com o delegado, a vítima, que chegou a ser levada a um hospital após passar mal com o ocorrido, explicou que se viu em situação de perigo e decidiu efetuar os disparos por estar portando uma arma naquele momento.

Investigação

A Polícia Civil já ouviu testemunhas e o próprio autor dos disparos que terminou com a morte de um dos ladrões.

 

Foto: Banda B

 

Segundo o delegado Silas, com apoio das imagens de câmeras de segurança que flagraram toda a ação, a situação pode levar o investigado [idoso] a não responder por nenhum crime: “Tudo nos leva a crer que se trata de legítima defesa. As imagens são bastante esclarecedoras, e os depoimentos até então demonstram que foi, sim, legítima defesa”.

Porém, será verificado ainda o fato de a vítima ter consigo uma arma de fogo. “Ela não possui registros e, em razão disso, existe algumas possibilidades. Ele pode responder pelo crime de porte ilegal de arma de fogo ou posse irregular”, ressaltou Roque.

O inquérito policial, que investiga a morte do suspeito, deve ser concluído em até 30 dias.

Assalto

Câmeras de segurança instaladas na Rua Pedro Moro Netto, no bairro Xaxim, em Curitiba, mostraram como tudo aconteceu. Na imagens, é possível ver que o idoso e duas mulheres, uma delas sua esposa, são abordados por dois homens – que estavam armados, segundo a polícia – e rendidos. A intenção dos criminosos era conseguir roubar o veículo Toyota.

idoso atira em assaltantesFoto: Reprodução

Durante o andamento do crime, o idoso aparece indo para trás de um poste e sacando uma arma. Ele reagiu e atirou na dupla que já estava dentro do veículo. Um deles foi alvejado e caiu a cerca de 100 metros do local de onde anunciou o assalto.

“Quando chegamos, o rapaz, de cerca de 25 anos, estava caído de bruços e já sem vida. Ele foi baleado na altura do tórax e a bala quase transfixou o corpo”, contou o sargento Machado, do Corpo de Bombeiros, em entrevista à Banda B na última quarta-feira (28).

O comparsa fugiu e conseguiu levar a arma do colega morto. Nenhuma das vítimas ficou ferida.

Sobre a reação do idoso ao assalto, o delegado Silas Roque reforçou a recomendação de não haver esse tipo de atitude. “Poderia ter acontecido algo pior. Até mesmo nós, policiais, somos orientados a não reagir em situações como essa”, concluiu.



Fonte: Banda B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui