Idosa de 90 anos é brutalmente espancada após ter casa invadida por ladrão na RMC

0
22


Uma idosa, de 90 anos, foi brutalmente espancada por um homem que invadiu a casa dela e roubou alguns objetos, na tarde desta terça-feira (22), no bairro Santa Terezinha, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba. O suspeito, que estaria acompanhado de uma mulher no momento do crime, teria sido capturado por moradores da região, agredido e preso.

“A ‘vó’ mora com minha sogra em Santa Terezinha. Minha sogra foi até o mercado para comprar algumas coisas que a ‘vó’ estava pedindo e fechou a casa”, disse a neta da vítima sobre o ocorrido antes do crime.

Após a saída da mulher, a idosa teria ficado sozinha na casa e o casal, um homem e uma mulher, apareceu no portão da residência. “O casal chegou, bateu no portão e ela foi atender. O portão estava trancado com o cadeado e acho que ela ficou conversando com a mulher enquanto o rapaz pulava o muro de casa”, relatou a neta.

Foto: EBC

Na sequência, o homem teria entrado na residência e agredido a idosa. “Não sabemos se ele arrastou ela para dentro ou se ela foi atrás dele, mas ele espancou ela e roubou alguns objetos pequenos como moedas, xampu, carregador de celular…”, descreveu.

Ainda de acordo com a testemunha, a vítima estava caída no chão quando a sogra chegou do mercado.

O Siate foi acionado e a idosa socorrida ao hospital. A tomografia, segundo a neta, constatou que ela teve três costelas quebradas, além de ter levado 15 pontos no rosto. “O quadro de saúde é estável e ela está se recuperando”, revelou ela.

Autor das agressões

O homem que teria cometido o crime foi capturado por moradores da região. “Deram uma surra no rapaz, foram para a delegacia e soubemos que ele vai ser liberado depois de ouvido”, protestou a neta da vítima que ainda disse estar indignada com a suposta liberação do suspeito após o crime.

“Precisamos do mínimo de dignidade e respeito pela ‘vó’ e que o cara seja mantido preso, mas, infelizmente, parece que isso não será feito”, lamentou.

Ainda não há informações sobre a identidade do suspeito e a possível liberação por parte da delegacia.



Fonte: Banda B