Homem é morto a tiros no Xaxim e família diz que tentou de tudo para evitar

82

O ex-presidiário Josiel Jean Gongora, 32 anos, foi morto a tiros na madrugada desta quinta-feira (18), no bairro Xaxim, em Curitiba. Familiares contaram que ele era usuário de drogas e que há anos tentava tirá-lo do vício. O suspeito pelo crime ainda não foi identificado.

 

Homem tinha saído do sistema prisional há nove meses. Foto: Banda B

 

O crime aconteceu na rua Barão do Santo Ângelo, na região da Vila São Pedro, em local conhecido como ponto de encontro entre dependentes químicos. Após os disparos, uma ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionada, mas Gongora já estava morto.

O delegado Thiago Nóbrega da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local e disse que a vítima tinha saído do sistema prisional há cerca de nove meses. “Coletamos no local e com alguns familiares que a vítima era usuária de entorpecentes e frequentava uma biqueira aqui ao lado. Família estava até cansada de tirá-lo dessa biqueira, viciado em crack. Há nove meses saiu do sistema prisional, estava preso por roubo, a família acredita que não tenha relação com o histórico, mas uma desavença por tráfico de drogas”, contou.

Segundo a Polícia Civil, o homem foi morto com cerca de seis disparos de arma de fogo. “Impera a lei do silêncio, ninguém viu nada, ninguém sabe nada. A gente acredita que depois com a ajuda da população por meio do nosso 0800 possamos ter denúncias que nos auxiliem nas investigações”, finalizou o delegado.

O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Qualquer informação que leve a polícia até o suspeito pode ser repassada por meio do disque-denúncia da DHPP: 0800-6431-121

Vídeo

Assista ao vídeo registrado no local:

 


Fonte: Banda B