Homem decide ajudar motorista e morre

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Um homem morreu após ajudar um motorista que estava com problemas no carro, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba (RMC). Atiradores passaram perto do carro e abriram fogo contra os dois rapazes, na tarde deste domingo (9). Porém, tudo indica, segundo as primeiras informações da polícia, que o alvo seria o motorista do veículo com problemas e não a pessoa que parou para ajudar e acabou morrendo. Mais de 14 tiros foram disparados, segundo a investigação. Os executores fugiram do local e o motorista ficou ferido.

Foto: Colaboração.

O investigador Rodrigo Podegurski, da Delegacia de Campo Largo, comentou que o veículo em que estavam os atiradores parou ao lado do carro com problemas mecânicos.

“Encontramos uma pessoa baleada, que foi encaminhada ao hospital. Também, encontramos um outro rapaz, vítima fatal. Ele estava ajudando o dono desse Peugeot. Parou um Ônix preto ao lado e atirou contra os dois”, disse.

Podegurski comentou que o homem que acabou morrendo não tem passagens pela polícia. “Nós puxamos a ficha dele (vítima) e não tinha nada, sem antecedentes. Ele estava ajudando o motorista*, que pediu ajuda para ele. Esse homem parou um carro ao lado e disparou contra eles“, explicou.

O que chamou a atenção do investigador foi a quantidade de tiros disparados contra o veículo em que estavam as vítimas.

“Muitos tiros na lateral, mais de 14 tiros. Dá pra observar que a pessoa veio pra ceifar a vida do rapaz”, comentou.

Segundo a investigação, foi utilizada uma pistola 9 milímetros no crime. O dono do veículo ficou gravemente ferido e foi encaminhado ao Hospital do Rocio. Já o corpo da vítima fatal foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

A Polícia Civil está investigando o caso e qualquer informação que possa ajudar na apuração deve ser repassada para os números 181 ou 41 3291-6100.

*A polícia deu o apelido da pessoa que seria o alvo dos atiradores, porém, como a vítima sobreviveu, a Banda B optou em não revelar.





Fonte: Banda B