Fuzis usados por PMs em tiroteio que causou morte de neto de Neguinho da Beija-Flor são apreendidos

0
35


A Polícia Civil apreendeu quatro fuzis usados por policiais militares, durante uma troca de tiros com traficantes do Morro da Bacia, no Bairro Miguel Couto, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, que acabou com três mortos e um baleado. Entre as vítimas fatais do tiroteio, que ocorreu entre a noite de sábado e a madrugada de domingo na localidade conhecida como Ambaí, está o jovem Gabriel Ribeiro Marcondes, de 20 anos.

Neto do sambista Neguinho da Beija-Flor, Gabriel Ribeiro Marcondes. Foto: Reprodução / TV Globo Foto: Reprodução / TV Globo / Agência O Globo

Neto do cantor e sambista Neguinho da Beija-Flor, o rapaz estava trabalhando com a armação e tendas, quando foi atingido por tiros. Nesta terça-feira, a 58ªDP (Posse), que investiga o caso, confirmou que as armas armas apreendidas passarão por um exame de comparação balística.

RI - Rio de Janeiro - (RJ) - 21/10/2020 - O interprete Neguinho da Beija-Flor logo após chegar na delegacia. Foto: GABRIEL MONTEIRO / Agencia O GloboR
RI – Rio de Janeiro – (RJ) – 21/10/2020 – O interprete Neguinho da Beija-Flor logo após chegar na delegacia. Foto: GABRIEL MONTEIRO / Agencia O GloboR Foto: Gabriel Monteiro / Agência O Globo

O objetivo é o de saber se os disparos que tiraram a vida de Gabriel partiram ou não de uma das armas usadas por PMs do 20º BPM (Mesquita). Também nesta terça-feira, Neguinho da Beija-Flor esteve na delegacia, onde foi acompanhar o depoimento do filho Paulo Cesar Marcondes. Este último, é pai de Gabriel.

As informações prestadas por ele vão ajudar os policiais a montar a uma espécie de perfil social do jovem. Uma perícia foi feita no local onde Gabriel e outras três pessoas foram baleadas. A operação contou com o apoio de homens da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Segundo a Polícia Militar, policiais militares foram chamados para checar uma denúncia de que um baile funk estaria sendo realizado no Morro da Bacia, no último sábado. A pouca distância do morro, PMs tentaram interceptar uma motocicleta com dois homens, mas o veículo seguiu em direção à comunidade. Ao entrar na localidade, traficantes teriam feito disparos contra uma patrulha, dando início a um tiroteio. Ainda segundo a versão apresentada pelos policiais na 58ªDP, após a troca de tiros, quatro pessoas foram encontradas feridas.

Todas teriam sido socorridas e levadas para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, entre elas Gabriel Marcondes. Na operação, os agentes informaram ter apreendidos armas e drogas. O único ferido que sobreviveu foi autuado em flagrante por tráfico e tentativa de homicídio contra os PMs.

Policiais da 58ªDP aguardam a melhora do estado de saúde do preso para que ele seja ouvido. Os investigadores querem saber, entre outras coisas, se este homem conhece ou não Gabriel. Segundo a Polícia Civil, as investigações que estão em andamento visam levantar a dinâmica do tiroteio e a responsabilidade pelos disparos que tiraram a vida de três pessoas. O neto de Neguinho da Beija-Flor foi sepultado, nesta segunda-feira, no Cemitério de Nova Iguaçu.

Na ocasião, Neguinho da Beija-Flor disse que um filho, que também tem o mesmo trabalho do jovem, vai abandonar a atividade de armação de tendas.

— Ele (Gabriel) era um menino bom. Estava armando a tenda, e segundo informações que tive, era um lugar perigoso. Estava lá armando a tenda e isso aconteceu. Parece que houve uma operação e uma troca de tiros com um pessoal. Além do Gabriel, tenho um filho que também trabalha nisso. A partir de agora não vai mais exercer esta atividade. É perigoso — disse Neguinho da Beija-Flor, pouco antes do sepultar seu neto .



Fonte: Fonte: Jornal Extra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui