Família pede justiça em crime de rapaz morto por motociclistas; polícia busca imagens

0
45


A família do mecânico Thiago Dolenga, 33 anos, morto por motociclistas na noite de sábado (18), em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, enfrenta momentos difíceis para entender o que aconteceu, de fato, na noite do crime. A Polícia Civil informou que segue investigando, mas sem informações sobre identificação dos suspeitos. Segundo a família, há câmeras no bar, nas proximidades do local e na esquina onde o crime aconteceu.

 

Thiago Dolenga junto com a esposa e o filho adolescente. Foto: Reprodução/Facebook

 

A esposa de Thiago, Silmara Pinto, que trabalha com festas e eventos, disse que ainda não entende o que aconteceu para motivar em um assassinato. “Os amigos dele disseram que o Thiago não viu que esbarrou nas motos. Eles estavam juntos, indo embora e notou que o Thiago não tinha visto. E que nesse momento já viu os motociclistas indo atrás dele. Ele não ia para aqueles lados, não sei porque ele foi naquele dia. Eu não consigo entender. Tem que ver as câmeras, se foi isso mesmo”, completou, em entrevista à Banda B.

A família mora em outro município da região metropolitana e Thiago, segundo a esposa, não tinha costume de ir até Colombo. “Nem conhecia nada lá, talvez se soubesse que era perigoso nem teria ido”, disse ela. Thiago e Silmara estavam juntos há 17 anos e têm um filho adolescente, de 13 anos.

Dor

Visto como um homem bom e amigo, Thiago trabalha como mecânico em uma empresa. A esposa disse que o marido sempre teve muita ligação com o filho e cuidados com a mãe doente. “Ele era um homem tão bom, não tinha maldade, não fazia nada errado, trabalhador. É inacreditável o que aconteceu. Ele que cuidava da mãe dele, dava todo suporte porque ela estava doente. Ele era muito família, não é porque ele se foi, todos falam muito bem dele”, lamentou.

Investigadores da Polícia Civil devem ir até o local ainda hoje. A ideia é checar diversas câmeras que têm na região e poderão auxiliar na descoberta dos suspeitos.



Fonte: Banda B