Ex-namorado de digital influencer é preso por descumprir medida protetiva

0
30


O ex-namorado da digital influencer curitibana, Jessyca Martins, de 22 anos, foi preso na noite desta terça-feira (7) após arrancar o celular da mão da jovem e descumprir uma medida protetiva. O caso aconteceu dentro de um shopping, no bairro Portão, onde a influenciadora trabalha em uma loja de joias.

Ex-namorado de digital influencer é preso por arrancar celular e descumprir medida protetiva
Reprodução

Segundo o boletim de ocorrência, Rodrigo, de 38 anos, abordou a ex-namorada no shopping e, com força, puxou o celular da mão dela. Assustada, Jessyca pediu ajuda ao segurança do estabelecimento, que chamou a Polícia Militar depois de saber da medida protetiva.

“O mesmo voltou a me perseguir ontem. Eu estava em um ambiente público, onde ele veio a roubar o meu telefone. Ele estava muito nervoso, desorientado. Eu tenho muito medo dele, é uma pessoa muito perigosa, que precisa estar atrás das grades”, disse Jessyca em um vídeo publicado nas redes sociais (veja o vídeo abaixo).

Jessyca e Rodrigo namoraram por um ano e meio, até que o rapaz teria passado a agir com violência, o que motivou a separação. Mesmo após dois meses do término, a digital influencer relata que a perseguição continua.

O advogado da influenciadora, Igor José Ogar, afirmou que requisitou as imagens de câmeras de segurança do shopping para comprovar as agressões.

“Temos que esclarecer que a Jessyca é uma menina trabalhadora. Atua em um dos maiores shoppings, em uma loja de departamentos em Curitiba. Pessoa honesta, diferente dele, um rosário de acusações criminais. O que aconteceu é que ele foi preso em flagrante, ele estava cometendo um crime naquele momento. Ele tomou abruptamente o telefone dela, quando ela utilizava, pegando a de surpresa, de modo totalmente ardiloso. Ele invadiu as mensagens para ver com quem ela conversava. Além disso, lesionou ela quando tomou esse telefone”, disse à Banda B.

O advogado Caio Percival, que representa Rodrigo, afirmou que a vítima não é Jessyca, mas sim o seu cliente.

“Primeiramente essa menina não é influencer de nada. Ela tem a conta fechada e menos de 6 mil seguidores, não dá para falar que é influencer. Segundo ponto: meu cliente está aguardando a audiência de custódia, que muito provavelmente vai relaxar a prisão dele a pedido da defesa. Porque ele foi armadilhado ontem, foi atraído para uma emboscada, por conta de Jessyca. Jessyca que liga para Rodrigo e não Rodrigo que vai atrás de Jessyca. Há aqui uma inversão de valores, uma troca de etiquetas, quem deveria estar sentado no banco dos acusados é a Jéssica e não o Rodrigo”, afirmou.

Igor José Ogar garante que a digital influencer não quer contato com Rodrigo.

“O fato é que esse agressor continua provocando essa vítima. Ela não quer mais nenhum tipo de contato com ele”, finalizou.

Assista ao vídeo feito pela digital influencer:





Fonte: Banda B