Empresária morta a tiros em São José dos Pinhais foi vítima de latrocínio, afirma polícia

0
74


A empresária Cristiane Lúcia Duarte Zen, de 49 anos, que foi morta a tiros após uma suposta tentativa de assalto, no final da tarde desta sexta-feira (16), em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), teria sido vítima de uma latrocínio – roubo seguido de morte – segundo o delegado Fábio Machado, que comanda as investigações do caso. Os suspeitos fugiram do local.

Delegacia de São José dos Pinhais. Foto: Djalma Malaquias

“Ao que tudo indica seria um latrocínio. A vítima comprando alguns produtos no aviário em São José dos Pinhais, quando foi abordada por dois indivíduos”, disse o delegado, à Banda B.

Câmeras de segurança registraram o momento exato em que o crime aconteceu em frente a uma loja de produtos agropecuários, na BR-376.

“Ao que tudo indicam a mulher se assustou abordagem dos criminosos e por isso eles atiraram contra a vítima. Eles queriam subtrair o veículo da vítima”, explicou Fábio Machado.

O inquérito policial foi instaurado na delegacia de São José dos Pinhais.

Reprodução/ Instagram

Como denunciar:

Qualquer informação sobre os suspeitos pode ser repassada para Delegacia de São José dos Pinhais pelo telefone  (41) 3299-1500.

Como foi o crime:

O socorrista Marcelo Pereira, do Resgate Voluntário Parceiros da Vida, contou em entrevista à Banda B que a mulher foi atingida na cabeça e morreu no local. “Foi acionado o Siate e o Resgate Voluntário deslocou em apoio. Na chegada, nos deparamos com uma senhora no interior de uma caminhonete, já em parada cardiorrespiratória. Foi localizado um ferimento de arma de fogo no crânio da vítima, na região próxima da nuca”, disse Pereira.

Uma amiga da vítima, que preferiu não se identificar, afirmou que Cristiane tinha uma chácara em Tijucas do Sul, na região metropolitana de Curitiba, e vinha todas as sextas na loja de produtos agropecuários.





Fonte: Banda B