Duas mulheres que fariam parte da “Gangue da Xuxa” são presas após roubo à farmácia em Curitiba

12

Duas mulheres, de 24 e 48 anos, suspeitas de roubarem uma farmácia e uma loja de departamentos, no Centro de Curitiba, foram presas pela Guarda Municipal (GM), nesta quinta-feira (18). A dupla faria parte de um grupo só de mulheres conhecido como “Gangue da Xuxa” que realiza roubos na região central da cidade.

(Foto: Divulgação)

Uma equipe do Grupo de Pronto Emprego Operacional (GPEO) que fazia patrulhamento pela Rua Riachuelo foi alertada por um cidadão sobre o roubo na Farmácia Popular. O agente da GM, Dambroski, conta que buscas foram feitas e as autoras do crime tentaram fugir. “Elas tentaram fugir quando avistaram a equipe, mas acabamos conseguindo deter elas. Roubaram bastante coisa e segundo o gerente da farmácia os produtos recuperados foram avaliados em mil reais”, afirmou o GM.

Elas são suspeitas de fazer parte de uma gangue conhecida na cidade, composta principalmente por mulheres especializadas em furtar e roubar comércios da região central de Curitiba. “Elas fazem parte de uma gangue conhecida faz tempo no centro chamada ‘Gangue da Xuxa’. Ela é composta só por mulheres que roubam casas de cosméticos, farmácias e outros estabelecimentos do gênero”, explicou Dambroski.

Na busca pessoal foram encontrados os produtos da farmácia e também de furto anterior a uma loja de departamentos, também na região central e que aconteceu nesta quinta. Elas, que tinham antecedentes criminais diversos por furto e roubos, foram encaminhadas para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Santa Felicidade

Já em Santa Felicidade, também nesta quinta-feira (18/6), uma equipe do núcleo regional da GM prendeu o suspeito de roubar outra Farmácia Popular, desta vez na Avenida Manoel Ribas.

Em rondas nas proximidades, os guardas foram alertados por uma cidadã sobre o crime. Com as características do suspeito, a equipe da GM conseguiu encontrá-lo perto do terminal de ônibus de Santa Felicidade.

De acordo com os guardas, o homem, de 29 anos, estava com um simulacro de arma de fogo (arma falsa) e R$ 1,3 mil em dinheiro. O homem foi levado à Central de Flagrantes da Polícia Civil para as medidas cabíveis.


Fonte: Banda B