Drogas compradas da Holanda pela Deep Web são identificadas na RMC e homem é preso em flagrante

0
76

A Polícia Federal realizou, na manhã desta quinta-feira (16), a prisão em flagrante de um suspeito acusado de tráfico internacional de drogas praticado por via postal. As investigações começaram com a apreensão de 15 encomendas no Centro Internacional dos Correios, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, entre meados de 2017 e janeiro de 2019, todas endereçadas a vários destinatários em um mesmo endereço em Porto Alegre (RS).

Foto: Divulgação Polícia Federal

Nesse período foram apreendidos cerca de 600 comprimidos de ecstasy.

As drogas eram provenientes da Europa, vindo principalmente da Holanda. As encomendas eram realizadas em sites especializados hospedados na Deep Web, com o pagamento feito em criptomoedas.

Investigações levaram à identidade do suspeito e foi constatado que ele respondia por crime idêntico na Justiça Federal do Rio de Janeiro. Desta forma, a PF em Curitiba solicitou mandado judicial de busca e apreensão junto à 14ª Vara Federal em Curitiba, que foi cumprido nesta manhã.

Durante as buscas foram encontrados comprimidos de ecstasy, selos de LSD e cristal (MDMA), o que motivou a prisão em flagrante do suspeito.

Se condenado, o preso poderá cumprir pena de até 15 anos de prisão mais pagamento de multa.


Fonte: Banda B