quarta-feira 8 dezembro 2021 05:15:29
Início Na Mira da Lei Dívida de R$ 150 teria motivado morte no Xaxim; polícia prende 2°...

Dívida de R$ 150 teria motivado morte no Xaxim; polícia prende 2° suspeito no Litoral

0
58


A Polícia Civil do Paraná prendeu preventivamente um homem, de 27 anos, na manhã desta quinta-feira (31), em Matinhos, no Litoral do Estado. Ele é suspeito de envolvimento no homicídio de Josiel Jean Gongora. O suspeito estava foragido e foi capturado por policiais civis que estão trabalhando no Verão Consciente nas praias do Paraná.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil agilizou uma rápida operação para capturar o então foragido após tomar conhecimento que ele teria saído de Curitiba para se esconder em Matinhos. Os policiais civis monitoraram o veículo desde que saiu da Capital até chegar no local em que se esconderia em Matinhos, uma residência situada no bairro Bom Retiro.

Ele e o irmão, de 26 anos, são os principais suspeitos de matar Gongora. O crime ocorreu no dia 18 de junho de 2020, no bairro Xaxim, em Curitiba. O irmão já havia sido preso preventivamente pela PCPR no dia 28 de novembro deste ano, em um bar localizado no bairro Portão, na capital paranaense.

Gongora foi morto com 14 tiros na cabeça em um ponto de tráfico de drogas. O irmão mais novo teria sido o autor dos disparos a mando do irmão mais velho. De acordo com as investigações, a vítima era usuária de crack e possuía uma dívida de R$ 150 com os suspeitos, referente a aquisição de drogas.

Defesa

Diante da prisão, a defesa de manifestou inconformismo com a prisão. “Estamos nos deslocando para acompanhar todas as diligências da Divisão de Homicídios de Curitiba. Mais uma vez aproveitamos a oportunidade para manifestar nossa afirmação de Alisson [Vieira Pacheco] e Everton são inocentes da prática desse crime. Dentro dos autos, já temos inclusive motivação e indícios para uma terceira pessoa que teria praticado o mesmo”, disse o advogado Igor José Ogar.



Fonte: Banda B