domingo 13 junho 2021 04:54:11
Início Na Mira da Lei Delegado acredita que serial killer tenha participação em até 20 casos contra...

Delegado acredita que serial killer tenha participação em até 20 casos contra homossexuais

0
13


O delegado Thiago Nóbrega, que investiga do caso do serial killer, suspeito de três homicídios e outras duas tentativas, nas mesmas circunstâncias contra homossexuais, acredita que José Tiago Soroka possa ter a participação em mais de 20 casos semelhantes, a partir de 2018.

Foto: Colaboração

Segundo o delegado, apenas esses cincos casos já foram esclarecidos, mas que o número pode ser bem maior.

“Eu questionei José Tiago de quantos casos seriam, 5, 10, 20…ele disse: por aí. Deixou bem vago, pode ser que existam 20 vítimas. Possivelmente existem inúmeras outras vítimas que sobreviveram, mas por vergonha não nos procuraram”, acredita o delegado.

O suspeito foi preso no sábado (29), em uma pensão no bairro Capão Raso, em Curitiba. Ouvido pela polícia, ele teria confessado ser o responsável pelos três mortes e a tentativa nos outros dois casos.

José Tiago Soroka foi preso em Curitiba

O suspeito teria dito aos policiais que assumirá a responsabilidade apenas por aqueles crimes que já são de conhecimento da investigação. Haveriam outros crimes em seu histórico, mas ele não quis comentar sobre eles, apenas confirmou que as vítimas também eram homossexuais.

O suspeito de ser o serial killer responsável pela morte de três jovens gays, dois em Curitiba e um em Abelardo da Luz (SC), confessou os crimes pelos quais é acusado e que queria fazer uma nova vítima por semana. Ele ainda teria dito em depoimento à polícia que escolhia homossexuais por serem mais “fáceis”. 





Fonte: Banda B