Crime em plena luz do dia: Atirador de bicicleta mata homem e polícia já tem pistas

0
22

Um crime em plena luz do dia na Vila Nossa Senhora Aparecida, na Cidade Industrial de Curitiba, movimentou uma equipe de investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na manhã desta quinta-feira (30). Denis Nakahara Lima, 39 anos, foi morto a tiros por um atirador de bicicleta, que fugiu após o crime. Ele tinha várias passagens pela polícia, usava tornozeleira eletrônica e a Polícia Civil já tem indícios de que o assassinato tenha sido motivado por um acerto de contas.

 

Crime aconteceu em plena luz do dia. Foto: Banda B

 

De acordo com a Polícia Militar (PM), Lima foi atingido no meio da rua Getúlio Pires de Arruda, pouco antes das 8 horas. O delegado Tito Barichello da DHPP disse que a vítima foi morta com arma de uso restrito. “Foi uma execução que aconteceu em plena luz do dia, mostrando que os criminosos estão agindo em plena época de coronavírus. Essa vítima foi alvejada com diversos disparos de pistola .40, lembrando que o calibre é de uso restrito, usado pela polícia. Segundo informações, o criminoso chegou de bicicleta, atirou na vítima e saiu, um acerto de tráfico de drogas. A vítima possui diversas passagem pelo crime de tráfico, tem passagem por roubo, estava de tornozeleira eletrônica”, disse o delegado, em entrevista à Banda B.

O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Investigação

O delegado lamentou a falta de informação no local. “As pessoas nem nos olham para conversar quando nos aproximamos, aqui impera a lei do silêncio, não querem nem receber nossos panfletos do 0800, infelizmente. Existe um controle muito grande por parte do tráfico nessa região”, concluiu.

Quem tiver informações sobre o autor do crime pode entrar em contato com a DHPP, anonimamente, no telefone: 0800-6431-121.

Publicado primeiro em Banda B » Crime em plena luz do dia: Atirador de bicicleta mata homem e polícia já tem pistas


Fonte: Banda B

Deixe uma resposta