Cliente denuncia ter ficado cego após ser espancado por seguranças

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Um jovem estudante afirmou ter ficado cego de um olho após ser espancado por seguranças de uma casa noturna, no último dia 30, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com ele, parte da confusão foi registrada por testemunhas com câmeras de celulares.

À Banda B, Gabriel Ribeiro afirmou que estava em um show com amigos na Millenium Club, em Pinhais (a cerca de 10 km de Curitiba), e esperava para tirar uma foto com o artista que havia se apresentado naquela noite. As agressões teriam iniciado enquanto ele estava na fila.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

“Entramos na fila e do nada chegou um segurança e me pediu para sair da fila sem nenhum motivo. Quando eu perguntei o porquê, ele disse: ‘Ah, você não vai sair então?’. Depois de uns dez segundos, ele voltou com outro segurança e me tiraram a tapas da festa”, narrou Ribeiro, que disse ter sido agredido com tapas no rosto e na nuca.

Já em frente à casa noturna, o jovem teria sido agredido novamente pelos seguranças, segundo relatou. Além de Gabriel, os amigos dele também teriam sido espancados com cassetetes e barras de ferro.

“Eles fizeram isso com várias outras pessoas que estavam na festa. Expulsaram algumas pessoas por motivo nenhum e as agrediram com cassetetes.”

O jovem diz ter perdido a visão no momento em que foi atingido por um golpe de cassetete em um dos olhos. O irmão dele teria gravado parte das agressões. “Um deles tentou correr atrás do meu irmão para tentar pegar o celular e vieram outros três para cima de mim. Quando eu caí no chão, um dos seguranças me acertou bem no olho e perdi a visão instantaneamente”, prosseguiu.

Além disso, ele afirma ter sigo agredido com socos e chutes. Após isso, os seguranças, segundo ele, teriam corrido. O irmão da vítima foi quem teria acionado uma ambulância para socorrê-la.

No hospital, Gabriel levou pontos na região do supercílio e, no dia seguinte, realizou uma consulta com um oftalmologista.

“Depois de alguns exames, descobri que minha retina estava descolada e o processo é irreversível. O médico disse que eu tenho apenas 1% de chance de voltar a enxergar“, lamentou o jovem.

Ribeiro relatou o caso em um boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia Civil de Pinhais e passou por exame de corpo de delito.

Procurada pela Banda B, a Polícia Civil informou que “segue investigando o caso e realizando diligências a fim de esclarecer o fato”.

Já a casa noturna citada na denúncia, que também foi procurada pela reportagem, afirmou que Gabriel e um amigo foram retirados do estabelecimento por “estarem muito alterados e assuntando alguns clientes”.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Sobre o ferimento em um dos olhos do jovem, a administração do local diz que ele “caiu e feriu seu olho”. Leia a íntegra da nota abaixo.

“”O erro está, muitas vezes, vestido plausivamente com a aparência externa da verdade”.

A Millenium Disco Club lamenta o ocorrido com o jovem Gabriel Ribeiro, em 30/04, e para restabelecer a verdade, em respeito a sua história e a todos que participam dela há mais de 30 anos, relata o acontecido, fato acompanha do por dezenas de testemunhas:

Gabriel Ribeiro e um amigo foram retirados da casa por estarem muito alterados e assustando alguns clientes. Já na rua, contrariados com o fato, aumentaram as provocações e ameaças a todos em volta e aos seguranças, que mesmo assim, por terem ordem expressas de não agressão, apenas solicitaram que os jovens fossem embora.

A situação de provocação foi tão intensa que frequentadores de outros estabelecimentos próximos se envolveram na discussão, que culminou em briga, momento que Gabriel caiu e feriu seu olho. Isso aconteceu a cerca de 100 metros na rodovia próxima a Millenium e não teve nenhuma participação dos seguranças. Cuidar do bom andamento em suas dependências, convidando os que vêm para aprontar a se retirar, faz parte de gestão que prioriza a segurança de todos!

Com a certeza de sua conduta licita, a Millenium lamenta o acontecido e segue com sua missão de proporcionar a todos diversão com respeito e segurança.

Ainda assim, já entramos em contato com Gabriel Ribeiro, colocando-nos à disposição para ajudar com os custos médicos.

A VERDADE DEVE SEMPRE NORTEAR A VIDA DAS PESSOAS DE BEM.

Millenium Disco Club.”





Fonte: Banda B