Casal vai à delegacia após suposta invasão que acabou em morte na RMC


A morte de um homem de 36 anos, que ocorreu na madrugada deste sábado (8), em Itaperuçu, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), está sendo investigada pela Polícia Civil. Ele teria invadido uma casa de um casal, que foi levado à delegacia e prestou depoimento pela manhã, no bairro Capinzal.

Foto: Reprodução

A reportagem da Banda B obteve informações do Boletim de Ocorrência (BO) feito pelos donos do imóvel. No documento, o proprietário da residência alega que suposto invasor estava totalmente transtornado e dizia estar sendo perseguido, quando entrou no terreno localizado na rua Jacob Lovato.

A mesma versão foi dada aos socorristas do Siate do Corpo de Bombeiros, que estiveram no local e já encontraram o homem morto.

“Encontramos ele no chão e, a princípio, apresentando um ferimento de arma branca, no lado esquerdo do corpo. O solicitante da casa nos informou que quando o homem pulou no terreno, o cachorro acabou o atacando para defender a casa”, iniciou o soldado Vinicius, dos bombeiros, à Banda B.

O próprio casal foi quem chamou o Siate para fazer o socorro no momento que, segundo eles, o suspeito de invadir a casa perdeu a consciência.

“Ele (proprietário) ainda disse que entrou em luta corporal depois que o homem invadiu a cozinha, quebrando a janela. O solicitante informou que conteve o rapaz durante a invasão e que ele já apresentava o ferimento no lado esquerdo”, completou o soldado.

Após o depoimento, o casal dono da residência foi liberado. A Polícia Civil segue com as investigações sobre o caso. Exames no Instituto Médico Legal (IML) deverão determinar se realmente houve um ferimento por faca, que teria provocado a morte.



Fonte: Banda B