Casal tenta extorquir dono de cachorro desaparecido, mas acaba preso em Curitiba

0
17


A Polícia Civil prendeu um casal em flagrante nesta terça-feira (29), suspeito de tentar extorquir (veja abaixo) um tutor de um cão, da raça Pug, que havia desaparecido no dia 25 de dezembro, em Araucária, região metropolitana de Curitiba (RMC). O cão, chamado de Guga, foi devolvido ao dono depois de ser encontrado com uma terceira pessoa na capital após a prisão dos envolvidos. De acordo com a polícia, esta pessoa comprou o animal por R$ 600 do casal, mas sem saber do contexto que o pet estava inserido e agindo de boa fé.

 

O reencontro foi realizado na noite desta terça-feira (30). Foto: Reprodução

 

A história começou quando o tutor até a chácara da família na RMC para comemorar o Natal. O Guga, no entanto, que também estava lá, acabou se soltando do cercado que fica em volta da casa e foi até uma estrada que passa pela região. “Foi um descuido nosso. Neste momento, uma pessoa viu o Guga na estrada e acabou o recolhendo. Provavelmente, agiu de boa fé porque pensou que o animal estivesse perdido, mas o levou para Curitiba. Esta pessoa acabou entregando o Guga para o casal”, explicou o tutor em um vídeo compartilhado pela Polícia Civil.

Ainda, segundo o dono, foi neste momento que o casal começou a enviar as mensagens falando sobre o paradeiro de Guga. Entre ligações e mensagens, a dupla investia com ameaças e cobrava quantias em dinheiro para dar informações sobre a localização do animal. “Eles estavam me extorquindo. Queriam que eu fizesse o depósito do dinheiro para assim receber informações sobre a localização do meu cachorro”, pontuou o tutor.

 

 

Redes Sociais

Neste tempo, o dono havia iniciado uma campanha nas redes sociais para encontrar o próprio animal. Foi neste momento que a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), também passou a investigar o caso. “Eles estavam exigindo R$ 1000 para que este animal fosse entregue. No entanto, o casal foi localizado e nós demos voz de prisão em flagrante pela prática de crime de extorsão”, pontuou o delegado Matheus Laiola à Banda B.

Após prender o casal, a polícia foi atrás desta pessoa que estava com o animal. “O Guga estava em boas condições e foi devolvido ao tutor. Apesar de ainda existir algumas investigações, consideramos o caso encerrado. O casal está à disposição da justiça”, concluiu Laiola à Banda B.

Reecontro

Veja abaixo o reencontro emocionante do tutor com o próprio cão.

 



Fonte: Banda B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui