Carro de marceneiro furtado dentro do pátio de delegacia é encontrado incendiado

0
9


O carro de um marceneiro de Colombo, região metropolitana de Curitiba ,que furtado duas vezes em menos de 35 dias foi encontrado incendiado em Almirante Tamandaré, também na RMC, na manhã desta quarta-feira (5).

Gol localizado em Almirante Tamandaré. Reprodução/ Vídeo

O detalhe é que no segundo furto criminoso agiu no pátio da Delegacia de Almirante Tamandaré, depois do veículo ter sido recuperado. O marceneiro Jairo Carvalho recebeu a notícia com estranheza de que o carro dele, um Gol, tradicional bolinha branco, foi localizado queimado na RMC.

“É até estranho uma pessoa mandou a foto para o meu filho a foto do carro queimado foi achado perto da Rodovia dos Minérios. Mas é estranho porque como essa pessoa que enviou a foto para meu filho se não tinha o contato do whatsapp dele?”, questionou.

O marceneiro mostrou a frustração com o capítulo final saga do veículo dele. Citando uma música da banda Legião Urbana, ele falou.

“A gente espera que esse pessoal proteja a gente, mas hoje em dia a gente tem mais medo da policia do que da bandidagem. Que pais é esse, como diz aquela música”, indagou, citando a letra de Renato Russo.

Segundo Jairo Carvalho, o primeiro furto do veículo Gol, ano 1998, aconteceu no bairro Alto da Glória, em Curitiba. Quando o telefone tocou e era a Polícia Militar (PM), o marceneiro disse que nem acreditava mais que teria o carro.

“Quando eu fui lá para retirar o carro, eles falaram para mim que iam me entregar o carro 11 horas da manhã porque eles estavam terminando a perícia ainda. Aí falaram que iam entregar o carro às 3 da tarde e não me falaram nada. Quando era 17h50, pouco antes deles fecharem, veio um oficial dizendo que o meu carro teve um BO e ele foi furtado do pátio da delegacia, roubaram ele de novo. Então os caras estavam mentindo para mim, dizendo que estavam fazendo a perícia”, explicou

O marceneiro ficou revoltado. “É algo muito estranho. A delegacia não tem uma câmera, alguém que faça vigilância? Como pode um ladrão entrar dentro dela e levar meu carro?”, questionou o marceneiro.

A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Civil e aguarda o retorno.

Veja o estado em que o veículo foi encontrado (colaboração)



Fonte: Banda B