domingo 20 junho 2021 04:55:45
Início Na Mira da Lei Após se irritar com festa na própria casa, trabalhador é morto a...

Após se irritar com festa na própria casa, trabalhador é morto a facadas e esposa é a principal suspeita

0
21


Uma mulher de 59 anos é suspeita de ter matado a facadas o companheiro, na última sexta-feira (21), em Cerro Azul, na região metropolitana de Curitiba (RMC). De acordo com o delegado Mario Sérgio Bradock, o trabalhador foi assassinado após chegar em casa e se deparar com uma festa e questionar o que estava acontecendo. A Polícia Civil já identificou a principal suspeita e tenta localizá-la.

O delegado disse que um dos motivos da discussão seria por conta da enteada da vítima.

“A discussão se deu porque o seu José chegou do serviço e encontrou uma bebedeira acontecendo na casa. A enteada dele de 13 anos se encontrava no quarto com dois rapazes namorando. E ele falou para a mulher que não queria a confusão na casa. Ela sem mais nem menos, sem dar explicação, juntou uma lambedeira de 15 cm e enfiou no bucho do seu José”

Disse o delegado Mario Sérgio Bradock.

Após a facada, o trabalhador caiu no chão e posteriormente morreu. “Ele saiu gravemente ferido e caiu atrás da casa, perto de uma plantinha. A população ficou revoltada porque o morador nasceu lá, se criou lá”, contou o delegado.

A suspeita fugiu do local e levou a neta. “Ela fugiu levando a neta que estudava ali no colégio. Imagine então que educação essa senhora estava dando para essa neta”, disse Bradock. “O inquérito está correndo já praticamente no final, pois já sabemos a autoria do crime. (…) Andamos atrás dela na Ilha do Turvo, região afastada de Cerro Azul”, completou.

Qualquer informação, entre em contato com a delegacia da Polícia Civil de Cerro Azul (41) 3662-1293.

Delegado Bradock

Confira na íntegra a fala do delegado Mário Sérgio Bradock sobre o caso.





Fonte: Banda B