Após perseguição, PRF prende professora com 400 kg de maconha em carro roubado

19

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 392,4 kg de maconha e recuperou um carro roubado após uma perseguição que terminou com uma professora, de 21 anos, presa. O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (17) em um trecho da BR-277 no município de Irati, no sudeste do Paraná. O carro era ocupado por duas pessoas, uma conseguiu fugir.

Agentes da PRF decidiram abordar um motorista que dirigia um veículo de modelo Kia Cerato da cor preta, porém, apesar da ordem de parada, os dois ocupantes empreenderam fuga e tentaram atropelar um dos agentes.

“Em seguida demos início ao acompanhamento que terminou a cerca de 1 km a frente”, disse o agente M. Tozetto, da PRF.

Foto: Divulgação

O carro só parou depois que foi acionado o dilacerador de pneus, equipamento pontiagudo que permite furar os pneus do veículo quando necessário pará-lo.

Ao chegarem no local onde o carro estava, as pessoas que estavam no veículo haviam fugido. Mas a professora logo foi encontrada escondida em meio à mata e alegou ser a passageira do veículo.

“Ela confessou que a droga seria levada até Curitiba”, disseTozetto.

O Kia Cerato, que estava com placas adulteradas, foi roubado há menos de duas semanas em Itajaí, município pertencente ao estado de Santa Catarina.

A mulher, moradora de Matelândia, que fica no oeste do Paraná, foi levada a Delegacia de Polícia Civil de Irati e deverá responder pelos crimes de tráfico de drogas, desobediência, tentativa de homicídio e receptação de veículo roubado.


Fonte: Banda B