Após acusação de sequestro em Pinhais, pai de menino se defende; veja

0
9


Três dias após a mãe denunciar o possível desaparecimento do filho de 8 anos, o pai do menino entrou em contato com a reportagem da Banda B para dar a sua versão sobre o caso e se defender da acusação. Por meio do advogado Ricardo Prado, o homem negou o sequestro e afirmou que possui autorização da Justiça para levar e ficar com o filho.

pai responde menino desaparece Pinhais
O pai do menino de 8 anos, acusado de sequestro pela mãe, diz que possui autorização judicial para ficar com o pequeno. A resposta foi dada à Banda B, nesta sexta (14) ** Foto: Colaboração/Arquivo

A decisão judicial, de acordo com o advogado, implica que o pai tenha direito a ficar com o filho em 50% do tempo das férias do garoto.

“Na verdade, não tem desaparecimento da criança. Inclusive, tem uma decisão judicial nesse sentido. Tem os autos da 5ª Vara da Família de Curitiba, o pai tem direito a ficar 50% das férias do menino com ele, e é o que foi feito”, pontuou Prado durante a entrevista concedida à Banda B, nesta sexta-feira (14).

Quando entrou em contato para fazer a denúncia, a mãe apontou que o homem tem o direito a visitar o filho a cada 15 dias. Ela, porém, ressaltou que o pai pode ficar com o pequeno por, no máximo, 24 horas.

A mulher chegou a registrar um boletim de ocorrência (BO) por conta desta ausência superior ao tempo indicado, dizendo que o filho deveria ser entregue no último domingo (9).

Por outro lado, Prado disse que o filho do ex-casal, neste momento, está com o pai na praia e ficará com ele até este sábado, 15 de janeiro.

“Diante disso, na Delegacia de Pinhais, onde foi registrado o BO sobre o desaparecimento, na quarta-feira (12) conversamos com o delegado e o boletim foi dado baixa. Então, não tem mais apontamento sobre desaparecimento. A criança voltou para as férias, como tem direito, até o dia 15”, completou o advogado.

Ação da mãe

O advogado do pai foi ainda mais longe na entrevista e afirmou que não entendeu o porquê que mãe não ter dito sobre esta situação (filho estar na praia). Prado ressalta que o questionamento correto por parte da mulher, sobre uma possível atitude irregular do pai, deveria ser feito nos autos do processo que caminha na 5ª Vara da Família.

“Ela não fez. Usou um caminho controverso, não quero nem entrar neste mérito pelo qual ela fez isso. Mas a verdade é que o menino está de férias. A mãe tem ciência de que está com o pai, inclusive com o irmão (mais velho, de 14 anos)”, disse o representante do pai.

pai responde menino desaparece Pinhais
O pai do menino de 8 anos, acusado de sequestro pela mãe, diz que possui autorização judicial para ficar com o pequeno. A resposta foi dada à Banda B, nesta sexta (14). Foto: Colaboração/Arquivo

O pai e o irmão, após descobrirem que a história estourou na mídia nesta semana, tentaram entrar em contato com a mãe, mas, ainda com o relato do advogado, a mulher não atendeu as ligações.

“O fato é que a situação está resolvida. O boletim foi dado baixa, não há mais apontamento de sequestro junto à Polícia Civil e ela vai responder por esta falta de comunicação efetiva”, finalizou à Banda B.

Tréplica da mãe

A mãe ainda afirma que continua sem saber do filho. Ela também nega que tenha recebido ligações por parte do pai para ser avisada sobre a situação e que o pequeno estava na praia.

Em relação ao período de férias, a mulher diz que isto só poderia acontecer se houvesse uma combinação prévia e com a própria autorização da mãe. Caso esta situação ocorresse, segundo a mulher, o contato com o filho ainda poderia ser mantido.

No fim, a mãe alegou que, diante de toda situação, ela efetuou uma nova denúncia, mas dessa vez por prevaricação.

As novas versões da mãe foram repassadas à reportagem também nesta sexta-feira (15).

A história inicial

A mãe pediu ajuda para encontrar o filho após entrar em contato com a Banda B, na última terça-feira (11). Ela afirmou que o pai esteve na sua casa, no bairro Weissópolis, em Pinhais (RMC), e pegou o filho no dia 8 de janeiro, dia em que o menor, segundo ela, foi visto pela última vez.

A mulher, no seu relato, acusou o pai de ter levado o pequeno para a Argentina. Isto porque, segundo ela, o ex possui contatos diretos em cidades do país vizinho.

O casal é separado há três anos.

** – Na reportagem original, a Banda B divulgou a foto da criança a pedido da mãe, com a alegação de que o filho havia sido pelo pai sem autorização.



Fonte: Banda B