Agressor que matou jovem na saída de balada na RMC é identificado; família quer justiça

0
13

O suspeito de agredir Lorenzzo de Lima Camargo, na saída de uma balada no dia 10 de maio, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), já foi identificado e é procurado pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Fábio Machado, em entrevista à Banda B nesta segunda-feira (31), o autor tem 20 anos e já conta com mandado de prisão expedido pela Justiça.

“Vamos prendê-lo e responsabilizá-lo por este crime covarde. Naquele dia, o rapaz que agrediu a vítima deu endereço e documentos falsos à polícia durante uma abordagem”, pontuou à Banda B.

Uma câmera de segurança (acesse e veja as imagens no link abaixo) mostrou o momento em que o jovem encostou no boné de uma garota, na fila do caixa. Amigos dela não gostaram da atitude e começaram uma discussão. Seguranças do estabelecimento conseguiram controlar a briga.

Na sequência, segundo as investigações, Lorenzzo seguiu para o estacionamento e começou a ser agredido pelos amigos da jovem. Ele levou um soco no rosto, bateu a cabeça e apanhou ainda mais quando os outros agressores começaram a dar chutes e pontapés na vítima.

Os suspeitos deverão responder por homicídio e não mais por lesão corporal grave.

Família

O jovem de 29 anos morreu na manhã deste domingo (30), após ficar 20 dias internado no Hospital do Trabalhador. A advogada que representa a família de Lorenzzo, Ewelyze Protasiewytch, contou que a família esperava pela recuperação da vítima. A confirmação do óbito, porém, deixou todos arrasados.

“Foi um momento bem inesperado porque todos tinham esperança que ele saísse dele. A esposa dele, principalmente, está super abalada e a menina sente muita falta do pai. Está sendo um momento difícil. Agora, a esperança é de que a justiça seja feita”, pontuou.

Lorenzzo deixa a esposa e um filho pequeno.

Fonte: Banda B