Técnico do Athletico-PR diz que é preciso malandragem na Libertadores


Frejat e Cazuza compuseram e Cassia Eller cantou. Todos pediam um pouco de “malandragem” em uma canção famosa. A mesma percepção vale para o técnico Paulo Turra, do Athletico-PR. Para ele, malandragem e inteligência são fundamentais para explorar as fraquezas do Libertad, adversário dos paranaenses desta quinta-feira(4), pela Copa Libertadores.

O jogo será no Defensores Del Chaco, em Assunção, às 21h. É a segunda partida dos paraguaios em casa. Depois da derrota por 2×1 para o Alianza, Turra quer impor mais um revés. O Furacão tem um empate e uma vitória na competição. Se vencer mais uma, pode se isolar na liderança do Grupo G.

O elenco já está no país vizinho, após um voo rápido entre Curitiba e Assunção.

É um jogo muito importante. Eles vem de uma derrota em casa também, então a gente tem que saber explorar esse momento deles. Eles são líderes do Campeonato aqui do Paraguai, porém na Libertadores eles perderam em casa. Então, a gente tem que ser inteligentes…malandros, né? É como se exige num campeonato como a Libertadores. Estamos confiantes.

Paulo Turra, técnico do Athletico-PR

No Campeonato Paraguaio, o Libertad é o líder com 38 pontos, seis a mais que o segundo colocado, o Cerro Porteño. Já no Brasileirão, o Furacão está na 14º colocação, com uma vitória e duas derrotas.

O lateral Madson não viajou com o time, pois se recupera de uma fratura. Turra pode promover o retorno do volante Fernandinho e escalar um seguinte Furacão: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Pedrinho; Fernandinho e Alex Santana; Terans, Vitor Bueno e Pablo; Vitor Roque.

Tem que ser malandro fora de casa

Desde o começo de abril, ainda pelo Campeonato Paranaense, o Athletico não ganha um jogo fora. Foi o jogo de ida do estadual em que venceu por 2×1. Depois, foram 4 jogos fora de Curitiba com 3 derrotas e 1 empate.

A partida desta quinta-feira será o sétimo jogo do Furacão contra o Libertad pela Libertadores. Outros seis confrontos foram em 2005 e no ano passado. Em números, o retrospecto é bom para os brasileiros. O Athletico acumula 4 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Porém, justamente a derrota foi jogando fora, um 1×0 em 2022, no Defensores Del Chaco.

 

 





CNN Brasil