Suspeito é preso após promover a entrada ilegal de 38 estrangeiros no Brasil


De acordo com a Polícia Federal, o objetivo do indivíduo era obter “vantagem econômica”

Polícia Federal/DivulgaçãoPolícia Federal
Polícia Federal prende suspeito de promover a entrada ilegal de 38 estrangeiros no Brasil

A Polícia Federal (PF) prendeu, nesta semana, em Oiapoque, município localizado no Amapá, um suspeito de promover a entrada ilegal de pelo menos 38 estrangeiros no Brasil. De acordo com a corporação, o objetivo do suspeito era obter “vantagem econômica”. “A materialidade e autoria delitiva restaram consubstanciadas com a oitiva das vítimas e testemunhas, que confirmam a vantagem econômica obtida pelo flagranteado para realizar o transporte de imigrantes ilegais saindo do Suriname com destino ao Brasil, utilizando-se de transportes terrestres e fluviais, para furtar-se ao regular controle migratório”, informou a PF. As penas para o crime de promoção de migração ilegal podem chegar a 5 anos de reclusão. Denúncias referentes à prática de tráfico de pessoas ou promoção de migração ilegal junto à Policia Federal podem ser realizadas por meio do e-mail [email protected].





Jovem Pan