STF dá mais 15 dias para PF concluir investigações sobre homem que ameaçou ministros

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Corporação aguarda conclusão da perícia nos equipamentos eletrônicos apreendidos com o extremista Ivan Rejane

Reprodução / Youtube @Tv Papo RetoIvan Rejane
Extremista Ivan Rejane foi preso na segunda-feira, 1º, após a polícia apontar indícios de associação criminosa e abolição violenta do Estado Democrático de Direito

A Polícia Federal (PF) terá mais 15 dias para concluir a investigação sobre o extremista Ivan Rejane Fonte Boa Pinto, que foi preso preventivamente após ameaçar, em vídeos, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Nesta sexta-feira, 5, o ministro Alexandre de Moraes prorrogou o prazo devido a um pedido da própria corporação, que aguarda a finalização da perícia nos equipamentos eletrônicos apreendidos com Pinto. De acordo com a PF, o extremista escolheu permanecer em silêncio durante o depoimento. Pinto foi preso na segunda-feira, 1º, após a polícia apontar indícios de associação criminosa e abolição violenta do Estado Democrático de Direito. Nos vídeos, o extremista afirma que vai invadir o STF e “pendurar os ministros de cabeça para baixo”, além de prometer “caçá-los”.





Jovem Pan