SpaceX lança foguete com três tripulantes pagantes e primeira mulher saudita a viajar ao espaço


Quatro astronautas – incluindo três pagantes e primeira mulher saudita a viajar ao espaço – decolam a bordo da espaçonave Crew Dragon, no topo do foguete Falcon 9, da SpaceX, em direção à Estação Espacial Internacional ISS. A partida ocorreu às 18h37, no horário de Brasília, a partir do Kennedy Space Center da NASA, na Flórida, nos Estados Unidos.

A diretora de voos espaciais tripulados da Axiom Space, Peggy Whitson, 63, ex-astronauta da NASA e comandante da ISS, liderará a missão.

Whitson retornará à estação espacial pela primeira vez desde 2017. Sua extensa experiência na estação fez dela uma detentora do recorde americano de maior número de dias acumulados registrados no espaço.

A pesquisadora de células-tronco Rayyanah Barnawi é a primeira mulher da Arábia Saudita a viajar para o espaço.

Tripulantes a bordo da Crew Dragon, após decolagem no topo do foguete Falcon 9, da SpaceX
Tripulantes a bordo da Crew Dragon, após decolagem no topo do foguete Falcon 9, da SpaceX / Reprodução/Youtube/Espaço Axioma

Nomeada de Axiom Mission 2 (Ax-2), esta é a segunda missão totalmente privada da startup Axiom Space para a ISS, marcando passo fundamental em direção à Axiom Station, primeira estação espacial comercial do mundo e sucessora da ISS.

A Crew Dragon, que é totalmente autônoma, deve atracar na estação espacial na segunda-feira (22), com seus passageiros se juntando a sete astronautas já a bordo do laboratório em órbita.

Na missão, eles deverão ficar no laboratório por oito dias. Eles trabalharão em 20 investigações e projetos científicos – incluindo células-tronco e outras pesquisas biomédicas.

A missão Ax-2 da Axiom Space continua progredindo em direção à Estação Axiom e a uma economia sustentável de órbita baixa da Terra, à medida que os humanos se aventuram mais longe por mais tempo no espaço.

Confira o vídeo da decolagem em tempo real:

data-youtube-width=”500px” data-youtube-height=”281px” data-youtube-ui=”internacional” data-youtube-play=”” data-youtube-mute=”0″ data-youtube-id=”dp2U6GG04Hs”

Decolagens privadas

Não é a primeira vez que cidadãos pagam para ir ao espaço. Uma empresa chamada Space Adventures intermediou várias missões para a estação espacial no início dos anos 2000, reservando passeios para ricos caçadores de emoções na espaçonave russa Soyuz.

A Axiom levou esse modelo de negócios para os Estados Unidos, em parceria com a SpaceX, para estabelecer uma estrutura para levar uma série de clientes à estação espacial.

A primeira missão da empresa, AX-1, foi lançada em abril de 2022 e marcou a primeira vez que cidadãos particulares viajaram para a estação espacial a partir do solo americano.

O objetivo da Axiom é tornar essas missões rotineiras, oferecendo mais oportunidades para pessoas que não são astronautas profissionais experimentarem voos espaciais.

A liderança da Axiom prevê que o voo espacial privado continuará mesmo depois que a estação espacial for aposentada, o que a NASA prevê que acontecerá em 2030.

A Axiom é uma das várias empresas americanas que pretendem criar uma nova estação espacial privada.

*Publicado por Pedro Jordão, da CNN



CNN Brasil