Rússia quer proibir o movimento LGBTQIA+ por considerá-lo ‘extremista’ | Mundo


“O poder russo esquece mais uma vez que a comunidade LGBT+ são pessoas, cidadãos deste país e também de outros. E agora eles não só querem nos fazer desaparecer do espaço público, mas também nos proibir como grupo social”, disse à AFP Dilia Gafurova, diretora da fundação “Sphere” para a defesa dos direitos das pessoas LGBTQIAP+.



G1 Mundo