'Quero um marido, não uma figura histórica': por que esposa de Zelensky pediu que líder da Ucrânia volte à casa




Em entrevista à rede britânica BBC, Olena Zelenska, casada há 20 anos com líder ucraniano, fez revelações pessoais inéditas e disse que toda a família vive separada de Zelensky desde o início da guerra, em fevereiro de 2022. Zelenska posa no parlamento ucraniano, em Kiev, durante ensaio polêmico para a revista Vogue, em 2022.
REPRODUÇÃO/VOGUE/ANNIE LEIBOVITZ
Desde que a guerra em seu país começou, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, já enfrentou muitos desafios. Mas talvez poucos como este: o apelo de sua esposa para que ele volte para casa.
Em uma entrevista à rede britânica BBC na terça-feira (5), Olena Zelenska, casada com o líder ucraniano há 20 anos, fez um apelo:
“Pode parecer egoísta, mas preciso de um marido, e não de uma figura histórica, ao meu lado”.
Segundo revelou a primeira-dama da Ucrânia na entrevista, ela e os filhos do casal não vivem juntos de Zelensky desde que a guerra começou, em 24 de fevereiro de 2022, por razões de segurança.
Desde então, ela viu o marido poucas vezes, a maioria em atos oficiais, como um encontro com a primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden.
À BBC, Zelenska falou do “alto custo emocional” da guerra para os filhos – principais alvos do Kremlin, depois dos país -, mas disse estar certa “que conseguiremos passar por isso juntos”.
Presidência ‘nunca foi um sonho’
Quem é Olena Zelenska, primeira-dama da Ucrânia
Disse ainda que “nunca foi um sonho” que seu marido se tornasse herói nacional – segundo a própria primeira-dama disse em entrevista em 2019, ela foi inclusive contra a candidatura de Zelensky à presidência do país.
Os dois começaram a namorar ainda no Ensino Médio, quando eram colegas de classe. Antes da guerra, viajavam juntos em turnê – ele era comediante e ela, roteirista.
A primeira-dama e os filhos passaram quase o ano passado inteiro escondidos. Ela apareceu poucas vezes – uma delas para uma polêmica sessão de fotos com o marido para a revista Vogue diante de cenários de guerra em Kiev.
Em uma das fotos, Zelenska pousou diante dos destroços do Antonov, o maior avião do mundo que foi destruído em um ataque russo ao aeroporto onde estava estacionado.
Zelenska no Aeroporto Antonov, em Hostomel, com um grupo de soldados ucranianos
REPRODUÇÃO/VOGUE/ANNIE LEIBOVITZ
Atualmente, segundo ela disse na entrevista, Zelenska prepara um encontro em Kiev com personalidades para debater saúde mental e resiliência.
“Eu realmente espero que eu possa inspirar alguém, que eu possa dar esperança ou conselhos, ou provar com meu próprio exemplo que a gente vive, trabalhar e caminha adiante”, falou Zelenska à BBC.



G1 Mundo