PM registra queda do número de roubos e furtos no réveillon em Copacabana


De acordo com os dados, as ocorrências de violência e criminalidade foram inferiores às registradas nas festividades anteriores à pandemia da Covid-19

Alexandre Macieira/Prefeitura do Rio de Janeiropessoas admirando os fogos em copacabana
De acordo com a Polícia Militar, o último réveillon em Copacabana foi mais tranquilo do que os anteriores

O tradicional bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, foi marcado neste réveillon pelo retorno dos shows, aglomerações, festividades e a famosa queima de fogos na orla. Entretanto, cenas de violência e criminalidade também foram registradas pelas autoridades durante a virada, principalmente furtos e roubos de aparelhos celulares. De acordo com a Polícia Militar (PM), que montou uma força-tarefa para garantir a segurança dos moradores e visitantes na virada, os dados de criminalidade foram menores em relação ao último réveillon antes da pandemia da Covid-19. Furtos a pedestres tiveram queda de 85% e roubos a pedestres tiveram redução de 89%, em relação às festividades anteriores a 2020.

Também foi apontada uma redução de 65% no roubo de celulares e uma queda de 55% no furto destes aparelhos. Segundo a PM, o saldo foi positivo diante da intensa atuação das forças de segurança na virada. Mesmo após o réveillon, a PM e a Guarda Civil Municipal ainda se fazem presentes na praia mais famosa do Rio de Janeiro para reforçar a segurança, devido à alta concentração de turistas que permaneceram na cidade.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga





Jovem Pan