Moradores reclamam de carros abandonados nas ruas de São Paulo


Caros não são retirados pela fiscalização municipal mesmo após denúncias no Portal 156

Reprodução/ Jovem Pan Newscarro-abandonado-sao-paulo
Carro abandonado flagrado pela reportagem da Jovem Pan News; moradores denunciam a dificuldade em retirá-lo da rua

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, entre janeiro e julho deste ano, cerca de 218 veículos abandonados foram removidos das ruas da cidade, entretanto, apenas em 2022 a gestão municipal recebeu mais de 10 mil denúncias de abandono de veículos pelo Portal 156, que cuida da zeladoria da cidade. Porém, moradores reclamam que caros não são retirados pela fiscalização municipal mesmo após denúncias. A reportagem da Jovem Pan News foi averiguar uma denúncia que já havia sido registrada pela equipe em agosto na qual a Prefeitura chegou a colocar um aviso para que um veículo fosse guinchado, mas a notificação foi retirada e o carro permanece abandonado na Rua Apinajés, no bairro de Perdizes. Arthur Sampaio Junior, um dos moradores da região, deu seu relato à reportagem: “Esse carro está a mais de três anos abandonado, largado. Foi comunicado à Prefeitura a mais de um ano no site 156 e até agora nada foi resolvido”. A empresária Selma de Oliveira Lima, que é dona de um salão de beleza na mesma rua, reclama que além de atrapalhar o movimento o carro se tornou um criadouro de mosquitos da dengue: “Junta muito lixo, acumula água por baixo e inclusive estão nascendo plantas no carro. Água suja acumula junto com o lixo embaixo do carro”. Um dos funcionários de uma oficina da região, que não quis se identificar, afirmou que o carro é de um cliente e que a chave está dentro do automóvel: “Esse carro veio fazer um serviço. O cara não teve condições de fazer e deixou parado aí”. A secretaria municipal das subprefeituras, por meio da subprefeitura da Lapa, informou que uma equipe vai até o endereço mencionado para realizar o adesivamento do carro e solicitar a remoção pelo proprietário sob pena de apreensão e multa. Esse é o procedimento padrão e o proprietário tem até cinco dias para retirar o veículo. Caso o carro continue no local ele será guinchado e lavado ao pátio da subprefeitura.

*Com informações do repórter Victor Moraes 





Jovem Pan