De 56 vigias convocados a apresentar documentos, apenas um se classificou

0
72

Depois de muita polêmica, acusações de favorecimento, debate acalorado nas redes sociais, protesto e troca de farpas entre o Secretário de Educação de Cabo Frio, Claudio Leitão e vereadores, como Alexandra Codeço em debate na Câmara Municipal da cidade, recentemente, finalmente a Prefeitura resolveu rever a sua decisão de retirar dos quadros da Educação Municipal a função de vigia e, com o ano letivo já em curso, anunciou que vai realizar processo seletivo para preencher as vagas, desistindo assim do processo de licitação para contratação de uma empresa especializada em monitoramento e segurança.

O fato curioso é que, na semana passada, a Prefeitura de Cabo Frio divulgou no site oficial o Edital 007/2019, mostrando o resultado do processo de análise de documentos para quem participou do Processo Seletivo do setor administrativo. Nesse documento, consta que dos 56 vigias que se posicionaram entre o 31º e o 87º, apenas um deles, o classificado na posição 70º conseguiu se tornar apto a assumir o cargo. Os três convocados para vagas de Portadores de Necessidades Especial também foram desclassificados segundo o documento.

A Prefeitura de Cabo Frio afirma que as desclassificações são decorrentes da incompatibilidade em documentos, ou comprovação do tempo de serviço informada no processo de inscrição, em desacordo com as normas do edital de convocação do Processo Seletivo. O curioso é que nesse caso, o índice de desclassificação quase chegou a 100%.

E não foi diferente para outros setores da administração. Para quase todos os cargos em que resultados foram divulgados, o índice de desclassificados passa de 80%. Além dos vigias, por exemplo, foram convocados 39 psicólogos e apenas dois foram classificados; 49 motoristas e apenas um classificado e, no caso dos Agentes de Posturas, foram convocados 349 pessoas e aprovadas apenas 62, ou seja, 18% do total de classificados na etapa de inscrições.

SOBRE O PROCESSO SELETIVO DOS VIGIAS

A Prefeitura de Cabo Frio, através da Secretaria de Educação, emitiu uma nota informando à população que decidiu pela realização de um processo licitatório para contratar vigias escolares. Com essa decisão, será cancelado o processo licitatório dos sensores de alarme nas escolas e haverá um novo redimensionamento orçamentário para adequar a folha de pagamento. As informações sobre o edital de convocação devem ser divulgadas nos próximos dias pela Secretaria de Educação.

CONVOCAÇÕES PARA A ÁREA DE SAÚDE TAMBÉM AINDA NÃO SAÍRAM

Essa semana, nossa equipe recebeu informações de que representantes dos Recursos Humanos da Secretaria de Saúde de Cabo Frio estariam informando às chefias dos setores de que haveria um prazo até 15 de março, estabelecido pelo Ministério Público, para que fossem substituídos todos os contratados por classificados no processo seletivo. A troca em um curto espaço de tempo de técnicos treinados por novos profissionais sem a experiência do serviço público poderia gerar um caos ainda maior no setor de saúde do município, por isso, pedidos informações à Prefeitura sobre a verdade dessas informações.

Em nota, a Prefeitura de Cabo Frio, através da Secretaria de Administração, informou que a data do dia 15 de março é o prazo final para o término do contrato dos agentes da Posturas, admitidos no dia 1º de janeiro de 2019 para atuar durante o verão, contrato esse que segundo a Prefeitura “não será renovado”. A Prefeitura informou ainda que, de fato, ainda não houve convocações para o setor de Saúde e que isso se dará apenas na 3ª convocação, que deve ser publicada ainda essa semana.

A nota diz ainda que os funcionários contratados serão substituídos, gradativamente, à medida que os cargos forem preenchidos pelos aprovados no processo seletivo. Portanto, os serviços não serão prejudicados. O convocado deve apresentar os documentos informados no momento da inscrição, conforme edital. Caso contrário, será desclassificado.  A Prefeitura informou ainda que o edital de convocação é publicado no jornal Diário da Costa do Sol. Além disso, fica disponível no site oficial do governo (http://cabofrio.rj.gov.br/processo-seletivo/) e, para quem não tem acesso à internet, na portaria do prédio da Prefeitura, localizado na Praça Tiradentes, s/n, no bairro São Bento. Também é divulgado por meio de releases à imprensa.

REPRESENTANTES DA CATEGORIA AVALIAM O RESULTADO

A reportagem do Plantão dos Lagos entrou em contato com a assessoria de comunicação dos sindicatos que representam os servidores de Cabo Frio e foi informada que os dirigentes sindicais estão analisando os documentos e devem se pronunciar também nessa semana sobre o assunto. A Prefeitura de Cabo Frio não deu novos esclarecimentos sobre as convocações dos classificados em seu Processo Seletivo para cargos administrativos. Veja abaixo:

Conteúdo exportado via Portal de Notícias Administrável Hotfix