Últimos servidores a receberem em Cabo Frio terão salários de junho pagos só no dia 25 de julho

0
3384

A Prefeitura de Cabo Frio divulgou nessa terça-feira (09/07) o cronograma de pagamento do funcionalismo municipal e, mais uma vez, os salários dos últimos servidores a serem pagos vão atrasar quase um mês. Os servidores contratados só receberão em 25 de julho, ou seja, no décimo nono dia útil do mês, 14 dias depois do que manda a legislação. E nem se cogita em falar no pagamento de multas, que são aplicáveis severamente à iniciativa privada quando empresários descumprem a legislação trabalhista. O governo do Dr. Adriano Moreno usou mais uma vez a desculpa do “bloqueio de contas para o pagamento de precatórios”, segundo a Prefeitura, da ordem de R$ 33 milhões.

Nessa semana circulou um vídeo do prefeito em discurso na Câmara Municipal, na época em que ele era vereador, em que ele se posiciona justamente a favor de que o governo pagasse uma contribuição pelo atraso em pagamentos de salários. “Eu já subi nessa tribuna algumas sessões passadas e eu já falava que quando as nossas contas chegam e nós não pagamos nós temos que pagar multa. E quando o nosso pagamento atrasa, nós deveríamos ter uma contribuição um benefício nisso, porque estamos pagando multa das nossas contas. Nós temos que ter um calendário oficial com data prevista para recebimento”, disse na ocasião.

Durante toda a campanha eleitoral, Adriano Moreno sustentou o discurso de um governo de gestores e técnicos e que em seu mandato de prefeito as contas seriam organizadas e “os velhos hábitos da velha política debelados”. Ganhou a eleição sustentando o discurso do calendário de pagamentos que nunca saiu do papel e nunca foi cumprido e, hoje, encara greve dos servidores pelo terceiro mês consecutivo. A educação está em greve desde o sábado (06/07) e outras categorias do serviço público municipal desde o mês passado. Mesmo com o SEPE Lagos e os demais sindicatos que representam a categoria terem deliberado as paralisações em assembleia, os dias dos grevistas foram descontados e, mais uma vez, o ano letivo está ameaçado de não fechar com os 200 dias letivos exigidos pelo MEC.

E um fato ainda deixou ainda mais revoltados os servidores, que continuam sem salários, principalmente na educação pública municipal. O texto divulgado pela Prefeitura de Cabo Frio no site oficial termina de forma emblemática: “A prefeitura informa ainda que não recebeu nenhuma notificação de greve e que, portanto, todos os serviços devem funcionar normalmente”, diz a nota. No final da tarde dessa terça-feira, os profissionais da educação fizeram um ato no Largo de Santo Antônio e partiram para a sede da Prefeitura onde se concentraram e só pretendem sair ao serem recebidas por Adriano Moreno. Às 20h00 o SEPE Lagos informou que trancaram os banheiros e apagaram as luzes do prédio, mas os manifestantes permanecem no local.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS ANUNCIADO PELA PREFEITURA

? Já foram pagos na última sexta-feira, 5, com recursos do Fundeb, parte dos salários do servidores concursados da Educação. Os aposentados e pensionistas também receberam, assim como os servidores da Comsercaf. Na sexta-feira, 12, é a vez dos demais efetivos da Educação, que não foram contemplados na primeira leva de pagamentos com os recursos do Fundeb. ?No dia 16 de Julho, terça-feira, serão pagos os salários dos funcionários efetivos da Administração e os efetivos da Saúde. No dia 19, sexta-feira, os profissionais contratados da Educação. Os demais servidores contratados e comissionados recebem seus salários no dia 25 de Julho, fechando o calendário.

CONTRARIANDO O QUE DIZ A PREFEITURA, TEM GREVE SIM!

Conteúdo exportado via Portal de Notícias Administrável Hotfix