cerca de 8,5 mil civis ucranianos morreram desde o início da guerra


Quase 8.500 civis foram confirmados como mortos desde a invasão da Ucrânia pela Rússia, disse o Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) em um comunicado na segunda-feira (10).

O ACNUDH disse ter registrado 22.734 vítimas civis na Ucrânia entre o início da invasão em grande escala em 24 de fevereiro de 2022 até 9 de abril de 2023 – com 8.490 civis mortos e 14.244 feridos.

Os números reais provavelmente serão “consideravelmente mais altos”, alertou o organismo, porque as informações de alguns locais da linha de frente, como Mariupol e Severodonetsk, foram atrasadas, com muitos relatórios pendentes de corroboração.

A maioria das mortes de civis confirmadas ocorreu em território controlado pelo governo ucraniano que está sob ataque da Rússia, de acordo com o ACNUDH, com 3.927 mortos nas regiões de Donetsk e Luhansk, que viram algumas das batalhas mais sangrentas da guerra até agora. Pelo menos 1.894 civis foram mortos em território ocupado pela Federação Russa quando as vítimas ocorreram, disse o ACNUDH.



CNN Brasil