Ataque a centro de transfusão de sangue, morte de mulher de 80 anos e incêndio em universidade: veja os últimos acontecimentos da guerra entre Rússia e Ucrânia




Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas na região ucraniana de Kharkiv. Em aeroporto russo, voos foram cancelados após drone ser abatido pelas forças antiaéreas. Imagem mostra estação ferroviária destruída em ataque a Donetsk
Anatolii Stepanov/AFP
Após uma série de ataques russos ao território ucraniano na noite de sábado (5), três pessoas morreram e quatro ficaram feridas na região de Kharkiv, afirmou o chefe da administração regional, Oleh Syniehubov. Um centro de transfusão de sangue foi bombardeado e gerou revolta do presidente Volodymyr Zelensky, que definiu o episódio como “crime de guerra”.
Neste domingo (6), houve um nova ofensiva russa em larga escala com mísseis na Ucrânia, contra bases aéreas na região oeste do país.
Veja, abaixo, um resumo dos últimos acontecimentos na guerra entre os dois países:
Ataque a centro de transfusão de sangue:
No último sábado (5), segundo Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, as forças da Rússia bombardearam um centro de transfusão de sangue em Kupiansk, na região de Kharkiv, usando uma bomba guiada.
“Este crime de guerra por si só diz tudo sobre a agressão russa”, escreveu Zelensky nas redes sociais. “Derrotar terroristas é uma questão de honra para todos que valorizam a vida.”
Ataque em larga escala por drones
Neste domingo (6), a Força Aérea ucraniana afirmou que derrubou 30 dos 40 mísseis de cruzeiro e todos os drones de fabricação iraniana lançados pela Rússia. Foi um novo ataque contra bases aéreas, um dia após um petroleiro russo ter sido atingido por drones ucranianos no Mar Negro.
Navio petroleiro russo é alvo de ataque de drone marítimo
O governo da Ucrânia indicou que a Rússia também usou três mísseis hipersônicos, mas não explicou se eles foram derrubados.
“O objetivo do bombardeio foi alcançado. Todos os alvos foram atingidos”, destacou o Ministério da Defesa russo no Telegram.
Em Moscou, voos cancelados
Do lado russo, o Aeroporto Internacional Vnukovo, a 15 quilômetros de Moscou, interrompeu brevemente os voos na manhã deste domingo (6), depois que um drone foi abatido no espaço aéreo ao redor da cidade.
As autoridades ucranianas, que tendem a evitar comentários sobre ataques em solo russo, não assumiram a responsabilidade pelo ataque.
Morte de octogenária
Uma mulher de 80 anos foi morta por projéteis ucranianos em Donetsk, cidade industrial que está sob controle russo. A informação foi divulgada pelo prefeito Alexei Kulemzin, nomeado por Moscou.
Incêndio em universidade
O prédio principal da Universidade de Economia e Comércio M. Tugan-Baranovsky, em Donestsk, foi incendiado. O telhado do edifício desabou, mas não houve vítimas, de acordo com o Ministério de Situações de Emergência da Rússia.



G1 Mundo