À CNN, Valdemar cita Tarcísio como eventual opção a Bolsonaro e descarta Michelle


O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, apontou, em entrevista à CNN nesta terça-feira (30), o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), como opção para as eleições presidenciais de 2026 caso o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) fique inelegível. Ele também descartou a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro como candidata.

“Mas tenho certeza que Bolsonaro continuará elegível”, reiterou Valdemar. Contudo, caso o ex-mandatário seja impedido de disputar o pleito daqui a três anos, o presidente do PL disse não faltar opções para substituir Bolsonaro.

“Temos o Tarcísio, temos excelentes nomes para disputar uma eleição dessa. Nós temos muita gente para isso no partido. Bolsonaro não cometeu nenhum ato ilegal. A opinião dele sobre um assunto ou outro não é motivo para deixá-lo inelegível”, disse Valdemar.

Apesar dos elogios feitos a ex-primeira-dama, Valdemar foi categórico ao afirmar que ela não pretende exercer cargo eletivo. “Isso de falar que a Michelle candidata é tudo bobagem”, acrescentou.

Em entrevista ao programa CNN Caminhos no início deste mês, Valdemar citou os nomes de quatro possíveis candidatos à presidência na hipótese de Bolsonaro estar inelegível. Foram eles: Romeu Zema (Novo), em Minas Gerais; Ratinho Jr (PSD), no Paraná; Eduardo Leite (PSDB), no Rio Grande do Sul; e Raquel Lyra (PSDB), em Pernambuco.



CNN Brasil