‘Vamos Tricolores!’ Música da torcida do Fluminense vira profecia


[object Object]
Foto: CARL DE SOUZA/AFP via Getty Images

[object Object]

Criada há 10 anos, música embala em 2023 e grupo do Fluminense agrega para a conquista da tão sonhada taça da Libertadores

A taça da Libertadores era uma ambição para o

Fluminense


depois de ter perdido em 2008, mas em 4 de novembro o Tricolor, enfim, acabou com esse fantasma e eterniza de vez a data na história do clube. Mas para conquistar a inédita taça, os jogadores contaram com o apoiam da torcida e de uma determinada música: “Vamos, tricolores! Chegou a hora, vamos ganhar a Libertadores”, que virou profecia no último sábado.

A taça da Libertadores era uma ambição para o

Fluminense


depois de ter perdido em 2008, mas em 4 de novembro o Tricolor, enfim, acabou com esse fantasma e eterniza de vez a data na história do clube. Mas para conquistar a inédita taça, os jogadores contaram com o apoiam da torcida e de uma determinada música: “Vamos, tricolores! Chegou a hora, vamos ganhar a Libertadores”, que virou profecia no último sábado.

Criada há 10 anos, a música tomou conta das arquibancadas em jogos dentro e fora do Maracanã nesta temporada. A música não “pegou” em 2013, e a Libertadores também não veio. Em 2023, a música retornou retornou às arquibancadas de forma automática e espontânea.

O hit da Libertadores embalou todo o ano do Fluminense, desde a fase de grupos até 4 de novembro. Nas últimas semanas, principalmente após a virada heroica contra o Internacional em Porto Alegre, a torcida tricolor adotou a música em todas as partidas do Brasileirão, como na partida contra o Botafogo, quando perdeu por 2 a 0 para o rival. A torcida seguiu cantando ao fim da partida.

A música foi tão influente que virou até mosaico. Antes da bola rolar na semifinal entre Fluminense e Internacional, no Maracanã, a torcida tricolor fez a festa na entrada do time em campo e exibiu um mosaico com a frase “Chegou a hora”, em referência a um trecho da música. E, claro, contra o Boca Juniors, a torcida não parou de cantar até o apito final.



+ Leia as notícias do Fluminense

Foto: Mailson Santana/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

A LETRA

Vamos, tricolores
Chegou a hora, vamos ganhar a Libertadores
Vamos, tricolores
Chegou a hora, vamos ganhar a Libertadores

Dá-lhe, Fluminense
Clube com mais história sei que não há
Eu canto por suas cores
Morro pelo seu verde, branco e grená

Torcida que se levante
Se viemos até aqui é para cantar 
Tem jogo do gigante
Isso aqui é arquibancada, não é sofá

Criada há 10 anos, a música tomou conta das arquibancadas em jogos dentro e fora do Maracanã nesta temporada. A música não “pegou” em 2013, e a Libertadores também não veio. Em 2023, a música retornou retornou às arquibancadas de forma automática e espontânea.

O hit da Libertadores embalou todo o ano do Fluminense, desde a fase de grupos até 4 de novembro. Nas últimas semanas, principalmente após a virada heroica contra o Internacional em Porto Alegre, a torcida tricolor adotou a música em todas as partidas do Brasileirão, como na partida contra o Botafogo, quando perdeu por 2 a 0 para o rival. A torcida seguiu cantando ao fim da partida.

A música foi tão influente que virou até mosaico. Antes da bola rolar na semifinal entre Fluminense e Internacional, no Maracanã, a torcida tricolor fez a festa na entrada do time em campo e exibiu um mosaico com a frase “Chegou a hora”, em referência a um trecho da música. E, claro, contra o Boca Juniors, a torcida não parou de cantar até o apito final.



+ Leia as notícias do Fluminense

A LETRA

Vamos, tricolores
Chegou a hora, vamos ganhar a Libertadores
Vamos, tricolores
Chegou a hora, vamos ganhar a Libertadores

Dá-lhe, Fluminense
Clube com mais história sei que não há
Eu canto por suas cores
Morro pelo seu verde, branco e grená

Torcida que se levante
Se viemos até aqui é para cantar 
Tem jogo do gigante
Isso aqui é arquibancada, não é sofá



Portal IG