Show da Taylor Swift tem uma morte e mais de mil desmaios


Jovem morre em show da Taylor Swift
Reprodução

Jovem morre em show da Taylor Swift

Uma jovem de 23 anos morreu nesta sexta-feira (18) e mais de mil pessoas desmaiaram durante a apresentação da cantora  Taylor Swift
no estádio Nilton Santos, Zona norte do Rio. A vítima fatal foi Ana Benevides, estudante do curso de Psicologia da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), no Mato Grosso.

Durante a apresentação da “Eras Tour”, a sensação térmica atingiu 60 ºC, provocando, além dos desmaios, vômitos e desidratação nos que tentavam assistir o show da cantora, segundo os bombeiros. 

Ao jornal O GLOBO, foi relatado por uma companha de Ana que ela passou mal no início da apresentação, já durante a primeira música. 



Nas redes sociais, a empresa que organizou o show está sendo criticada por proibir a entrada de garrafas d’água.

Taylor se solidarizou com a vítima e publicou uma mensagem no Stories do Instagram e disse estar “sem acreditar no que estava escrevendo” e “desolada”.  “Quero dizer que sinto profundamente e meu coração partido vai para toda a família e amigos [de Ana]. Essa era a última coisa que eu pensava que aconteceria quando decidi levar a tour ao Brasil”. 



Nas redes sociais da estudante, amigos se solidarizam com a morte da jovem. 

“Descanse em paz, querida! Me lembro de você toda animada pro show, sua luz nunca vai ser esquecida”, diz um comentário na mais recente publicação de Ana em sua conta no Instagram. “Você não merecia isso. Meus sentimentos para a família e aos amigos nesse momento”, diz outra mensagem.

A estação meteorológica do Sistema Alerta Rio, da prefeitura do Rio, registrou em Guaratiba, na Zona Oeste, a maior sensação térmica desde 2014, quando foi iniciada a marcação. No local, a sensação de calor chegou aos 59,3 graus, às 10h20, desta sexta-feira.



IG Último Segundo