São Paulo registra primeiro caso de raiva em cachorro desde 1983


Arquivo: Os cachorrinhos fazem parte da vida de muitas famílias brasileiras na atualidade e, por isso, resolvemos fazer uma galeria com 10 raças de cachorro que estão entre as mais dóceis do mundo. Confira!
Divulgação

Arquivo: Os cachorrinhos fazem parte da vida de muitas famílias brasileiras na atualidade e, por isso, resolvemos fazer uma galeria com 10 raças de cachorro que estão entre as mais dóceis do mundo. Confira!

A cidade de São Paulo enfrenta seu primeiro caso de raiva em cachorro em quase quatro décadas. O diagnóstico foi confirmado na última sexta-feira (1°), mas só veio a público nesta segunda-feira (4).

O Instituto Pasteur notificou a SMS (Secretaria Municipal da Saúde), por meio da Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde), sobre o caso na região do Butantã, Zona Oeste da capital.

O último registro da variante canina da raiva na cidade remontava a 1983. Quanto à variante transmitida por morcegos, o último caso conhecido data de 2011.

A prefeitura respondeu à situação em investigação intensificando a vacinação de animais na região, com visitas casa a casa nos dias 1º e 2 de setembro. Durante essa ação de bloqueio, 384 imóveis foram visitados e 367 animais receberam a vacina.

Até julho deste ano, o Sistema Municipal de Vigilância já havia vacinado 155.560 animais, dos quais 97.666 eram cães e 57.894 gatos.

A Prefeitura de São Paulo oferece vacinação antirrábica gratuita para cães e gatos durante todo o ano, em 18 postos fixos distribuídos pela cidade.

Veja os locais de vacinação  animal [aqui].



IG Último Segundo