Sampaoli processa Neto e quer R$ 500 mil após acusação de racismo


Neto apresenta o programa
Reprodução/Twitter

Neto apresenta o programa ‘Os Donos da Bola’

O técnico Jorge Sampaoli
, do Flamengo
, entrou com duas ações na Justiça contra o apresentador Neto
, do programa ‘Os Donos da Bola’, e contra a Band.

Em uma das ações, na área cível, o técnico argentino pede R$ 500 mil por dano moral, na outra, na esfera criminal, ele exige que Neto seja condenado a se retratar ao vivo por acusá-lo de ter sido racista enquanto comandava o Santos, em 2019. As informações foram divulgadas pelo jornalista Gabriel Vaquer.

As duas ações correm no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) e por enquanto não têm data para serem julgados. O técnico Rubro-Negro deu entrada nos processos na última semana.

No dia 18 de abril, Neto disse no programa Os Donos da Bola que o ex-jogador Serginho Chulapa havia dito que Arzul
, preparador de goleiros do Santos, foi maltratado por Sampaoli. Ao comentar sobre o assunto, o apresentador deu a entender que o técnico argentino foi racista.

“Ele [Jorge Sampaoli] foi racista no Santos, nunca cumprimentou ninguém, nunca falou português: ‘Por favor, não, senhor, me desculpe…’. Esse baixinho, idiota. Isso aí é uma vergonha, pinto pequeno, não sabe nada de bola. É uma vergonha o Flamengo contratar um cara desse”, disse.

Na mesma data, Neto voltou a atacar Sampaoli, desta vez, no programa ‘Baita Amigos!’, da Bandsports. 

“Um cara que trata mal o Arzul, que é negro. E que é igual a mim, que é igual a você e que é um ser humano incrível. Esse cara, o Jorge Sampaoli, fazia o Arzul ficar fora do vestiário. Ele fez muitas pessoas contratadas antes dele perderem o emprego. Esse cara é nojento. Nunca tratou bem ninguém”, disparou.

Em declarações ao Ge, Arzul negou que Jorge Sampaoli tenha sido racista com ele. 

“Não houve nada. Não aconteceu nada de racismo. Não houve nada de comportamento. Eu acredito que aconteceu foi uma informação mal interpretada, um mal entendimento. A informação chegou ao Neto diferente. Eu falei com o Neto. Eu quero que os dois se deem bem, eu gosto dos dois”, disse o preparador de goleiros do Peixe.



Portal IG