PM morre durante perseguição a suspeitos na zona leste de São Paulo


A Polícia Militar postou homenagem ao soldado
Reprodução/ Polícia Militar

A Polícia Militar postou homenagem ao soldado

O soldado Leonardo de Souza Pires, de 26 anos, morreu na noite da última sexta-feira (4) após sofrer um acidente de motocicleta durante uma perseguição a suspeitos na Vila Prudente, zona leste de São Paulo. O acidente ocorreu na avenida Professor Luiz Ignácio Anhaia Mello, altura do número 3.322, segundo informações da Folha de S. Paulo.

O caso foi registrado como como desobediência e homicídio culposo na direção de veículo automotor no 56° Distrito Policial (Vila Alpina). Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o soldado e outro PM suspeitaram de uma dupla que transitava pela via em uma moto. Os policiais teriam pedido que o condutor parasse, o que não foi acatado.

Os PMs, então, começaram a perseguição. O acidente aconteceu, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), quando o soldado tentou ultrapassar outra moto e bateu na traseira de uma motocicleta Honda CB/300. O policial foi arremessado e bateu a cabeça em poste de iluminação.

Pires foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital Estadual de Vila Alpina, onde morreu. O jovem soldado havia ingressado na Polícia Militar em 6 de junho de 2019. Atualmente estava lotado no 8° Batalhão. De acordo com a corporação, ele era casado e não tinha filhos.

O condutor do outro veículo envolvido no acidente foi identificado como um homem de 25 anos, que também ficou ferido. Seu estado de saúde ainda não foi divulgado. Os suspeitos que eram perseguidos pelos agentes públicos conseguiram fugir. 



IG Último Segundo