Passageira morre durante voo entre EUA  e Belo Horizonte


Corpo da passageira ficou no assento da classe executiva até aeronave pousar em Confins
lxeyPnferov/iStock

Corpo da passageira ficou no assento da classe executiva até aeronave pousar em Confins

Uma mulher que viajava dos Estados Unidos para Minas Gerais morreu durante o voo nesta segunda-feira (6). A identidade e idade da passageira não foram reveladas. 

O caso aconteceu em uma aeronave da companhia aérea Azul que saiu da cidade de Fort Lauderdale, no estado da Flórida com destino ao aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG). 

O voo AD8733 partiu às 21h07 de segunda-feira (6) e chegou a Confins às 7h05 desta terça-feira (7). A passageira estava na classe executiva e faleceu ainda na primeira hora de voo. O corpo da mulher ficou no assento onde ela estava até chegar ao aeroporto brasileiro. O óbito foi constatado por um médico que estava a bordo, informou a Azul.

Após o pouso em Confins, policiais entraram no avião e impediram que o desembarque dos outros passageiros fosse realizado por cerca de 40 minutos para a realização de perícia. 

A Polícia Federal informou ao jornal O Tempo que uma equipe de plantão foi acionada para se deslocar até o local e médicos do aeroporto também confirmaram o óbito que, inicialmente, seria por causas naturais. Posteriormente, o corpo foi liberado.

Já a Polícia Civil informou ao UOL que, ao tomar conhecimento do caso, requisitou a presença do carro de transporte de cadáveres no aeroporto de Confins para fazer a remoção do corpo, que foi levado para o Instituto Médico-Legal Dr. André Roquette, na capital mineira, onde passa por exames.



IG Último Segundo