Mário Jorge estimula competição interna para motivar o Flamengo


Interino, Mário procura resgatar espírito vencedor
Gilvan de Souza/CR Flamengo

Interino, Mário procura resgatar espírito vencedor

Com a negociação envolvendo Tite ainda em compasso de espera, o Flamengo vai de Mário Jorge no comando técnico da equipe no Brasileirão. Mas o interino não decepcionou em sua oportunidade, obtida neste sábado (30), diante do Bahia. Com ele no comando, o Rubro-Negro ganhou por 1 a 0, voltando assim, provisoriamente, à zona de classificação para a Libertadores-2024.

Embora tenha prazo de validade no comando, Mário tenta implementar um espírito competidor no grupo de jogadores. Ele afirma que sua pretensão é incutir uma mentalidade que motive novamente o elenco. Ele admite que a perda de vários títulos em 2023 baixou o moral da equipe, mas acredita que uma atmosfera saudável entre os atletas pode reacender a chama da motivação e fazer o Fla terminar o ano com mais dignidade:

“Acho que é tentar resgatar o brilho nos olhos dos jogadores. Não quer dizer que eu não vi, mas a gana e a vontade de vencer. Tentar despertar isso neles de novo, pois passaram por baques durante toda a temporada. Então, é fato que a confiança pode estar truncada. Perdemos muitas competições e, na Copa do Brasil, tivemos um revés também. Então, é tentar estabelecer um ambiente saudável, de competição interna, para que todos evoluam. Assim, a gente ganha coletivamente”.

O Flamengo volta a campo no próximo fim de semana, enfrentando o Corinthians, no sábado. Se acaso Tite ainda não estiver oficializado, Mário Jorge poderá ganhar mais uma chance à beira do gramado, em jogo que acontece na Neo Química Arena, em São Paulo.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook
.



Portal IG