Líderes políticos se reúnem para discutir nova constituição do Chile


Ideia de formar o grupo foi acertada depois do fracasso do plebiscito no último domingo

Mario Tama/Getty Images/AFP Presidente do Chile, Gabriel Boric, na Cúpula das Américas
O presidente chileno Gabriel Boric na Plenária de Abertura da Cúpula das Américas, no Centro de Convenções de Los Angeles

Após os eleitores recusarem a proposta de uma nova constituição, líderes políticos do Chile, da oposição e do governo, formaram uma mesa de diálogo para discutir os rumos do texto constitucional nesta quarta-feira, 7. A ideia de formar o grupo foi acertada depois do fracasso do plebiscito no último domingo, 4, do texto elaborado ao longo de um ano pela antiga convenção constituinte. Por lei, a constituição herdada da ditadura de Augusto Pinochet deve permanecer em vigor, mas há um consenso entre as forças políticas e os cidadãos de que uma nova constituição ainda precisa ser produzida. Ao contrário das votações dos últimos 13 anos, a presença no plebiscito foi obrigatória e mais de 13 milhões de chilenos compareceram às zonas eleitorais. Após o resultado, o presidente do Chile, Gabriel Boric, fez um pronunciamento para convocar as forças políticas para o novo processo constituinte. Boric reforçou que é contra a violência e a intolerância e que “a história nos ensinou que as mudanças reais não são feitas da noite para o dia”.

*Com informações do repórter Victor Moraes





Source link