Brasil envia à Turquia equipe de 42 socorristas e quatro cães para ajudar nas buscas


Profissionais devem embarcar ainda nesta quarta-feira, 8, para Ancara, capital da Turquia, em cargueiro KC-390 da Força Aérea Brasileira

Omar HAJ KADOUR / AFPBrasil envia ajuda para Turquia
Esta vista aérea mostra equipes de resgate em busca de sobreviventes em meio aos escombros de um prédio desabado na cidade de Harim, na província de Idlib, no noroeste da Síria, controlada por rebeldes, na fronteira com a Turquia, em 8 de fevereiro de 2023, dois dias após um terremoto mortal que atingiu a Turquia e Síria

O governo brasileiro informou nesta quarta-feira, 8, que está enviando uma missão humanitária para ajudar nas buscas e resgate das vítima do terremoto que destruiu a Turquia e a Síria na segunda-feira, 6, e já matou mais de 12.000 pessoas. A missão humanitária será composta por 22 socorristas e médicos do Corpo de Bombeiros de São Paulo, outros 20 das Defesas Civis de Minas Gerais e Espírito Santo e quatro cães especializados na busca de sobreviventes – um dos animais participou do resgate das vítimas do desastre da cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, que deixou quase 270 mortos em 2019. A missão humanitária ordenada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também prevê o transporte de cinco toneladas de equipamentos para busca de pessoas e de ajudas para as vítimas. Os profissionais devem embarcar ainda nesta quarta para Ancara, capital da Turquia, em cargueiro KC-390 da Força Aérea Brasileira. O envio da ajuda foi planejado pela Agência Brasileira de Cooperação, órgão do Itamaraty, em parceria com os ministérios de Integração e do Desenvolvimento Regional, Defesa e Saúde. Os serviços de emergência de Turquia e Síria realizam o trabalho de resgate com a ajuda de aproximadamente 2,7 mil especialistas de 65 países que já chegaram ou estão a caminho das áreas mais afetadas.





Source link